Se você algum dia se surpreendeu com os custos de sua conta de celular em roaming, veja isso.

Um grupo ambientalista polaco foi surpreendido por uma conta de mais de 2.300 euros por conta das comunicações de um tracker GPS colocado em uma cegonha, para seguir a sua rota migratória.

O problema é que a conta elevada não foi provocada pela cegonha, que viajou até o Sudão, mas sim porque alguém conseguiu colocar as mãos no tracker e decidiu utilizar o cartão SIM presente nele no seu telefone.

O homem teria feito mais de 20 horas de chamadas telefônicas, e foi exatamente isso o que gerou a conta elevada.

Esse pode ser mais um exemplo a favor dos eSIM, que permite manter as comunicações sem a necessidade de um cartão SIM, ou pelo menos serve de lição por optar por tarifas pré-pagas, evitando imprevistos desse tipo.