@oEduardoMoreira

Meu mundo tech, pop e geek!

Arquivo para a cateoria: Informática

O passado da internet através de um Commodore 64

by

 

A internet não era popular na década de 1980, e poucas pessoas se conectavam a outros computadores, e quando o faziam, era pelas redes Usenet e BBS.

Estes eram pontos de encontro de um bom número de usuários de computadores, que compartilhavam conteúdos e opiniões a partir de computadores de 8 e 16 bits.

Quase 40 anos depois da era das BBS, saiba que ainda é possível viver essa experiência, adicionando um “modem WiFi” a um computador Commodore 64.

 

 

O maravilhoso mundo das BBS em 8 bits

 

 

O Commodore 64 faz uso de uma porta de expansão User Port, que com a ajuda de um adaptador pode se comunicar com a porta serial RS-232. Por conta disso, o computador pode se conectar a uma rede WiFi, oferecendo um telnet para um dos servidores que mantém a BBS funcionando, com a mesma filosofia de quase duas décadas.

Há dulas alternativas nesse tipo de modem WiFi para o C64: o WiModem (US$ 70) e o Wi-Fi Modem (US$ 180).  O segundo modem em mais opções, permitindo rodar uma BBS própria, além de cotar com uma pequena tela OLED, para visualizar todos os comandos.

Uma vez conectado, é preciso um programa de terminal que rode no C64 para a conexão com um dos servidores BBS.

A conexão de 2.4 Kbits por seugundo pode sim causar espanto para a maioria que busca uma forma alternativa de navegar, mas é sempre bom lembrar que na BBS tudo era texto.

E esse é um dos seus encantos. De modo que se você pretende fazer essa viagem no tempo, este é  o produto que você estava esperando.

 

 

Via Amiga Love

Lenovo fez bullying com a Apple e o novo MacBook (e previu o futuro sem querer)

by

thinkpad-x300

 

Em 2008, a Apple se orgulhava por apresentar ao mundo o primeiro notebook que cabia em um envelope de papel, o leve e ultraportátil MacBook Air. A clássica apresentação em vídeo teve muito sucesso.

Confira o vídeo em questão a seguir.

 

 

O vídeo teve uma resposta contundente da Lenovo.

A empresa chinesa lançou um vídeo que mostra como o Lenovo ThinkPad X300 também era capaz de entrar em um envelope de papel, mas diferente do novo MacBook, abre mão dos diversos acessórios e conectores extras para oferecer as mesmas possibilidades de uso.

É irônico ver como o tempo age nos fabricantes. O novo MacBook Air (2016) está limitado de duas ou quatro portas Thunderbolt, deixam de fora a unidade ótica e, mesmo que não precisemos hoje de tantas opções, é fato que a Apple se precipitou na remoção das portas e conectores no novo produto.

Sobre o vídeo da Lenovo, há pouco o que dizer. Mais uma genialidade do departamento de marketing, não só pela diversão, mas também porque eles previram o futuro.

Vídeo a seguir.

 

 

Via Neowin

PC Does What?, a campanha que quer reanimar as vendas de PCs

by

pc-compra

Todo mundo sabe que as vendas de PCs não estão indo bem a algum tempo, e mesmo com a chegada do Windows 10, essas vendas seguem caindo. Os principais fabricantes do setor estão preocupados, e decidiram fazer alguma coisa para reverter o quadro.

E o que eles fizeram? Deram descontos nos seus produtos? É claro que não! Fizeram uma campanha! UHU! #ironic

Microsoft, Dell, HP, Intel e Lenovo se uniram para a campanha “PC Does What?”, composta por cinco anúncios de 30 segundos cada, onde cada um destaca uma qualidade dos PCs atuais e suas possibilidades. O projeto publicitário será lançado em 19 de outubro e inicialmente é dirigido ao mercado norte-americano, mas não se descarta a sua expansão para outros países.

Será que um comercial é mais eficiente do que reduzir os preços dos produtos para o consumidor final?

Só o futuro vai dizer.

 

Via Bussiness InsiderYouTube (Intel)

 

Microsoft ri de si mesmo em uma divertida campanha do Internet Explorer 9

by

Um pouco de auto-crítica não faz mal a ninguém, e a Microsoft sabe disso. Tanto que criou uma divertida campanha onde eles mesmos se unem à corrente crítica de usuários, que perdura por anos contra o seu navegador de internet, o Internet Explorer. A campanha tem como título “O navegador que você amava odiar”, e mostra uma figura obcecada por desinstalar o navegador de todos os computadores que encontra no caminho.

O comercial conta com frases divertidas, que dão conta da capacidade de auto-crítica do pessoal de Redmond: “o navegador é velho” ou “a única coisa que ele serve é para baixar outro navegador”, entre outras mensagens.

Mas, por trás do toque de bom humor, a mensagem que a Microsoft passa é clara: o Internet Explorer 9 é outra coisa, e eles dedicam uma versão específica para recolher as críticas recebidas, com o objetivo de melhorar o produto. Vídeo abaixo.

Via BrowserYouLovedToHate.com