Chairless Chair 2.0: sente em qualquer lugar | @oEduardoMoreira Press "Enter" to skip to content
Início » Tecnologia » Chairless Chair 2.0: sente em qualquer lugar

Chairless Chair 2.0: sente em qualquer lugar

Compartilhe

Se o ser humano tivesse nascido com quatro patas, ele acreditaria na terra plana, na mamadeira de piroca e que um capitão expulso do exército daria jeito no Brasil.

Cedo demais para falar sobre isso?

Tá. Vou começar de novo.

Se o ser humano tivesse quatro patas, ele seria parecido com aqueles que usam o Chairless Chair 2.0. Um produto cuja existência é mais que justificada, pois ficar o dia inteiro de pé cansa (e muito), por mais que algumas pessoas que eu conheço achem isso algo saudável e divertido.

Neste post, vamos descobrir como a Chairless Chair 2.0 pode melhorar as nossas vidas de seres cansados e sedentários.

 

 

 

O que a Chairless Chair 2.0 pode fazer por você?

A empresa alemã Noonee é a responsável pela Chairless Chair 2.0, que nada mais é do que uma “cadeira sem cadeira”. Literalmente.

Tecnicamente falando, o Chairless Chair 2.0 é um exoesqueleto que permite que uma pessoa possa se sentar em qualquer lugar, mas sem ter a sua mobilidade comprometida ao ter que carregar uma cadeira o tempo todo. O dispositivo é colocado atrás das pernas do usuário, o que resulta na instalação de dois pés adicionais para construir a tal cadeira invisível com as outras duas pernas do próprio usuário.

É simples de entender: quando o usuário se coloca na posição de se sentar, as patas artificiais se estendem, formando uma cadeira perfeitamente estável. O exoesqueleto não diminui a mobilidade, e qualquer pessoa pode caminhar com naturalidade.

O Chairless Chair 2.0 é focado em empresas onde os funcionários realizam trabalhos onde são obrigados a ficar em pé o tempo todo e sem condições de ter uma cadeira por perto para alguns minutos de pausas. Ou em cenários onde eles atuam em diferentes locais e precisam alternar entre ficar em pé e sentado de forma contínua.

https://youtu.be/-25KuS5j7_8

 

 

 

Pode parecer uma bobagem, nas não é

O Chairless Chair 2.0 tem até uma função social para existir em nosso tempo.

É importante lembrar ao amigo leitor da geração Millennial que a população está envelhecendo, e isso está se refletindo na faixa etária dos profissionais que estão no mercado de trabalho. O número de trabalhadores com 60 anos ou mais aumentou de forma considerável nos últimos anos, ainda mais agora que a idade mínima de aposentadoria se tornou mais tardia.

O Chairless Chair 2.0 pode proteger as costas do usuário, permitindo que a pessoa se canse menos e reduzindo as lesões e baixas laborais, representando inclusive uma boa economia para a empresa que decidir adotar o exoesqueleto.

Essa versão do produto tem peso 25% menor que a geração anterior, é mais resistente e é compatível com pessoas com até 2 metros de altura. Seu tempo de vestimenta também foi reduzido, onde o produto fica pronto em apenas 30 segundos.

O único grande problema do Chairless Chair 2.0 é que ele não é nada barato: custa 4.235 euros. Ou seja, só mesmo as empresas de grande porte podem investir em um produto como esse. Ele está bem longe da realidade do usuário final ou comum.

É… muito mais barato levar uma cadeira pequena com você para a fila do banco… Se bem que… nos dias de hoje, quem ainda enfrenta uma fila de banco?


Compartilhe
@oEduardoMoreira