Ir ao conteúdo

Como a internet afeta o seu cérebro?

Compartilhe

Há quem diga que a internet tem o mesmo efeito no cérebro que a cocaína, mas prefiro pensar que essa comparação é exagerada. É claro que dá para ficar viciado na internet e com efeitos bem nocivos, mas não acredito que chega a esse extremo.

De qualquer forma, vamos buscar a opinião de uma especialista para falar sobre o assunto. A ciber psicóloga forense Mary Aiken descreve em seu trabalho The Cyber ​​Effect (2016) o comportamento humano na Internet e como o ciberespaço e o mundo conectado distorcem nossas emoções e percepções, de uma forma muito diferente da vida real.

Ou seja, a internet pode criar um campo de distorção da realidade tão grande, que aquilo que é real e virtual podem se fundir, e o seu cérebro, que já é bem confuso, pode deixar de distinguir uma coisa da outra.

Neste post, vamos mostrar as cinco consequências que a internet podem ter no cérebro e no comportamento de alguém que não está muito preparado para ela.

 

 

 

Desinibição online

 

É quando você acredita que na internet você pode ser a pessoa que sempre quis ou ter a personalidade que quiser, tanto para o bem como para o mal. A sensação que ninguém pode nos alcançar cria a falsa sensação de invisibilidade e a ilusão de um anonimato que não é real.

 

 

 

Anonimato dissociativo

 

É quando você acredita que a maioria das pessoas na internet não sabe quem você é e, por causa disso, acha que pode fazer o que quiser, pois o seu anonimato está preservado. Então, você começa a assediar pessoas na internet porque entende que jamais será pego. As consequências nesse caso podem ser muito graves, principalmente quando você é preso pelas autoridades.

 

 

 

Invisibilidade

 

Por entender que jamais vão ver você na internet (pois o contato visual e a linguagem corporal do mundo real simplesmente não existem), você se dá ao direito de praticar o bullying, assediar pessoas e cometer crimes online. Isso faz com que o indivíduo minimize a autoridade, temendo menos as consequências legais ou as implicações éticas de suas ações.

 

 

 

Distorção do tempo

 

Ficar muito tempo na internet muda a nossa percepção do passar do tempo. Quem fica muito tempo conectado perde a noção das horas e, dessa forma, começa a perder compromissos importantes na vida. Sem falar nas horas de sono que perde por ficar na frente de uma tela o tempo todo.

 

 

 

Imaginação dissociativa

 

Quando você começa a dizer para as pessoas que você é o Neo ou que é mais hacker que o protagonista da série Mr. Robot, você está com sérios problemas. Achar que você é um personagem imaginário da internet, isento de responsabilidades ou preceitos sociais, é sinal que você não consegue mais separar a realidade do mundo físico, cheio de problemas, obrigações e rotinas, do ciberespaço, onde você pode criar a sua história de ficção científica para ninguém aplaudir.


Compartilhe
Publicado emInternetVariedades