Bruce Springsteen

Em 2016, Barcelona recebeu a turnê de Bruce Springsteen. Quando o músico tocou a canção Dancing in the Dark, 65 mil pessoas que cantaram, dançaram e pularam naquele momento provocaram ondas sísmicas a meio quilômetro do estádio Camp Nou.

O fenômeno foi registrado pelo Instituto de Cicências da Terra Jaume Almera, e os dados captados pelos sismógrafos foram utilizados em pesquisas cujos resultados só foram divulgados agora. Aliás, um dos responsáveis por alguns tremores de Barcelona é o estádio Camp Nou.

Em maio de 2015, a partida entre Barcelona e Bayern de Munique pela UEFA Champions League causou três terremotos que coincidiram com os três gols do tipe local nos últimos 15 minutos de jogo.

Durante o show de Springsteen em maio de 2016, foram registradas vibrações rítmicas que coincidem com o ritmo da música. Ao analisar os dados, foram identificados os momentos que soaram cada uma das canções a partir do ritmo das vibrações.

O concerto de rock produziu mais vibrações que os gols do Barcelona. Dancing in the Dark e Shout foram as músicas que geraram tremores mais intensos, e músicas como Born in the USA e Bobby Jean causaram vibrações de menor intensidade.

Tais tremores não representam perigo, pois suas amplitudes são tão pequenas que ficam abaixo do ameaçador para as construções civis. Na prática, são imperceptíveis para a maioria. Mas identificáveis para os sismógrafos.

Agora, se você vai visitar Barcelona pelo turismo ou pelo terremoto, você sempre pode contar com boas dicas de locais bacanas para visitar na cidade.

 

+info