Ir ao conteúdo

Como o iPhone 12 pode superar o Galaxy Note 20

Compartilhe

O Samsung Galaxy Note 20 foi oficialmente apresentado, e (quase) ninguém tem dúvidas que este é um dos melhores smartphones de 2020. E uma das missões do dispositivo é bater de frente com o futuro iPhone 12, que vai chegar no quarto trimestre de 2020 (pode ser anunciado em setembro, mas a Apple já confirmou que sua chegada ao mercado vai atrasar).

Acontece que, se a Apple mover as peças com sabedoria, pode fazer com que o iPhone 12 supere o Galaxy Note 20 com relativa facilidade, o que pode deixar a Samsung com alguns problemas a administrar.

Ainda não conhecemos todos os detalhes do iPhone 12, mas baseado nos rumores e vazamentos, podemos dizer o que esperar que futuro smartphone da Apple deve receber para superar o novo telefone top de linha da Samsung.

 

 

 

Melhores materiais

 

O Galaxy Note 20 padrão (não o Ultra) tem construção de plástico, o que foi uma decepção para um dispositivo top de linha. É esperado que a Apple mantenha a construção combinando metal e vidro para agregar valor ao seu smartphone.

 

 

 

Mais opções com preços mais acessíveis

 

Há quem diga que o iPhone 12 deve chegar em até quatro modelos, onde a versão menos cara do smartphone da Apple pode custar a partir de US$ 699. Os preços devem subir com as especificações melhores. Porém, comparando com um Galaxy Note 20 de plástico, a relação custo-benefício melhor deve se fazer presente no telefone da gigante de Cupertino.

 

 

 

Uma câmera com melhor zoom e mais opções

 

O iPhone já tem uma câmera excelente, mas com um zoom que está ficando para trás em comparação com a concorrência. Logo, o iPhone 12 pode ser uma ótima oportunidade para a Apple melhorar de forma considerável o zoom das câmeras do dispositivo. Além disso, seria muito bem vindo receber mais opções para o registro de fotografias, como um modo profissional para controle do ISO, da velocidade de obturação e outros ajustes.

Muitos defendem que o iPhone já faz registros de fotos com melhor qualidade final que os seus adversários (na parte de vídeos, essa dominância parece ser algo indiscutível), incluindo os modelos da série Galaxy S20 da Samsung. Se a Apple agrega um zoom melhorado e mais controles nativos para o software de câmera, o iPhone 12 pode representar um novo patamar no campo da fotografia móvel.

 

 

 

Face ID em um notch menor

 

O reconhecimento facial do iPhone é de alta qualidade, e podemos considerar que é uma surpresa ver que este é um dos poucos smartphones a oferecer esse recurso de segurança como uma ferramenta mais segura do que o leitor de digitais.

Por outro lado, o notch no iPhone é algo detestável, e muitos sonham em ver o melhor de dois mundos se combinando de forma harmônica. Ou seja, o Face ID se manter presente no iPhone 12, mas em um notch menor. Afinal de contas, depois de três anos, não é possível que a Apple não tenha otimizado essa tecnologia para que ela seja menor.

 

Outras melhorias bem vindas seriam uma bateria maior, mais RAM e as demais melhorias técnicas que são óbvias para uma nova geração de um produto. Mas os pontos observados nos tópicos desse post podem fazer com que o iPhone 12 supere o Galaxy Note 20.

E, de novo: com relativa facilidade.


Compartilhe
Publicado emSmartphonesTelefonia