Início » Software » Como seria o Symbian OS reinventado

Como seria o Symbian OS reinventado

Compartilhe

O Symbian foi o software que potenciou a primeira geração de smartphones. Foi o sistema operacional mais popular do planeta por nada menos que 15 anos, a ponto de ser utilizado por gigantes como Sony, Motorola, Samsung, Siemens e Panasonic (entre outras). E diante de tanto poder, a Nokia comprou a empresa para usar o sistema operacional de forma exclusiva.

O que foi um grande erro. O Android mostrou que é importante dividir para conquistar, e o iOS estabeleceu novos parâmetros para o mercado de smartphones e sistemas operacionais móveis.

Então, a Microsoft comprou a divisão de smartphones da Nokia e matou o Symbian para centrar esforços no Windows Phone.

E aqui temos outro erro.

O Nokia 808 PureView foi o último smartphone com Symbian OS da história. Hoje, o sistema operacional está no cemitério dos softwares.

Mas… como o Symbian OS seria se ele fosse um concorrente direto do iOS e Android nos dias de hoje?

 

 

 

O Symbian OS reinventado

 

 

Addy Visuals, o mesmo designer que apresentou ao mundo o Windows 10 Sun Valley e o Chrome OS Windows 11 Edition, agora apresenta como seria o Symbian OS se ele pudesse competir hoje com as propostas de Google e Apple.

O software estaria voltado no desempenho e no aspecto visual da proposta, sempre pensando na experiência de uso atual do smartphone. A proposta conta com elementos da interface do S60 em versão modernizada, mas combinado com outros conceitos que estão presentes em sistemas operacionais modernos.

A proposta é até ousada e saudosista, pois conta com pitadas do finado Windows Phone (que até hoje é defendido por alguns usuários).

 

 

O design é responsivo, e sua interface pode se adaptar a qualquer tamanho de tela. A proposta recebe widgets de aplicativos, as tiles que tanto divide opiniões e atalhos diretos para softwares. Até mesmo um novo sistema de notificações de eventos está disponível, e aparentemente é bem resolvido.

O Symbian OS reinventado conta com a sua própria Symbian Store, algo imprescindível para bater de frente com Android e iOS (e o grande problema que o Harmony OS da Huawei precisa resolver).

Infelizmente, este Symbian OS de 2021 só é um exercício de design para ser apreciado. Jamais veremos a versão comercial deste software, e até que algo mude, seremos obrigados a viver esse duopólio de momento protagonizado por Android e iOS.

 

 

 

Via Voonze


Compartilhe