Fazer com que as pessoas deixem de saber quantos likes uma foto ou vídeo recebeu no Instagram pode ser uma das melhores decisões possíveis para devolver para os usuários a paz de espírito e uma maior saúde mental.

A notícia sobre a possibilidade disso acontecer no futuro levanta discussões entre os influenciadores digitais e aqueles que entendem que a cultura dos likes mais atrapalha do que ajuda, afetando diretamente no bem estar de muitos internautas, especialmente nos mais jovens.

O Instagram é amado e utilizado por muita gente, mas também temos um grupo considerável de pessoas que está se afastando da plataforma e de sua ideologia. A quantidade de likes não define quem é a pessoa, muito menos se aquele conteúdo é de qualidade. Logo, essa mecânica de medição de popularidade do conteúdo online não deveria guiar as preferências e tendências dos internautas.

Hoje, os jovens são cada vez mais obcecados pelos likes e comentários em suas publicações nas redes sociais, e essa é a geração que menos deveria olhar para a vida dessa forma. O mundo seria muito melhor e mais espontâneo sem a pressão de ter a aceitação das pessoas para aquilo que fazemos ou publicamos.

Viver esse tipo de pressão não é saudável, e é algo que eu estou tentando evitar. Recentemente abracei mudanças na minha vida e na minha forma de trabalhar para produzir um conteúdo melhor para os meus leitores, escrevendo sobre o que eles querem ler combinado com aquilo que eu gosto de falar, mas sem a pressão de ser o primeiro a falar sobre um determinado assunto.

O mesmo eu estou fazendo no Instagram. Eu publico fotos e vídeos nessa rede social quando eu quero e quando eu tenho tempo. Às vezes eu fico dias sem publicar nada nessa rede social, e não vejo problema algum nisso.

 

 

Como pode ser o futuro do Instagram?

 

O usuário que publicou a foto ainda sabe quantos likes tem, mas tal informação não será exibida no feed para outros usuários. Essa seria uma forma de reduzir a pressão que o internauta tem em publicar conteúdos que as pessoas gostam, dando uma paz de espírito para o produtor de conteúdo e maior espontaneidade para quem consome o conteúdo.

Os likes são sim importantes para muitos usuários, especialmente para os influencers mais populares, já que determinam o que é socialmente aceito. Por outro lado, a coisa perdeu o controle, e essa métrica hoje mais atrapalha do que ajuda.

Ocultar os likes significa se distanciar um pouco dessa ideologia. Não dá para dizer que o Insagram vai mesmo adotar tal medida em um futuro a médio prazo, já que as chances dos influenciadores abandonarem a plataforma com tal medida são enormes. Até porque eles deixariam de ser influentes, e é justamente isso o que eles não querem.