O robô japonês DRAGON foi desenvolvido no Laboratório JSK da Universidade de Tóquio (Japão), que é capaz de voar e se transformar de forma autônoma para se deslocar em quase qualquer tipo de ambiente.

Estamos falando de um robô formado por drones com uma grande capacidade de adaptação, ‘colados’ com um suporte para manter sua estabilidade no ar.

O sistema se baseia no kit de desenvolvimento Intel Euclid, com um pacote de baterias instaladas ao longo de sua ‘coluna vertebral’. Basta ter a informação do local e a rota a seguir, e o robô se adapta automaticamente para o seu deslocamento.

 

 

O DRAGON é pensado em tarefas de busca e resgate, se deslocando em áreas de difícil acesso, como espaços pequenos e dutos de ar condicionado ou tubulações.

Agora, a ideia é criar um módulo que serve de ‘pernas’, para um deslocamento em terra, o que pode ser a base para um robô humanoide voador não tripulado.

Vídeo demonstrativo a seguir.