Dyson Supersonic

O Dyson Supersonic é um secador de cabelo que segue a filosofia dos seus ventiladores, ou seja, “sem hélices visíveis”.

A primeira coisa que chama a atenção no Dyson Supersonic é o seu tamanho e o evidente fato dele ser “oco” por dentro. O seu motor (digital, menor, leve e avançado) é oito vezes mais rápido, e deixa o produto com apenas 560 gramas de peso, sendo mais fácil de ser segurado pelo usuário. Além disso, um termostato de vidro mede constantemente o calor, regulando a temperatura para evitar danos ao cabelo.

O secador tem potência de 1.600 watts, quatro ajustes de calor, três ajustes de fluxo de ar e um botão para o ar frio. Inclui três acessóios que se acoplam ao seu corpo de forma magnética.

A Dyson investiu 60.5 milhões de euros no seu desenvolvimento, criando até um laboratório específico para o estudo do produto. Por conta disso, o Dyson Supersonic não é um produto considerado barato: custa 399 euros, e chega ao mercado europeu em setembro.

Tradicionalmente, os produtos da Dyson não são considerados os mais baratos do mercado. A alta tecnologia tem um preço, ainda mais quando oferecem soluções tão distintas das tradicionais. Muito provavelmente não veremos esse produto no Brasil com tanta facilidade (apesar de já ter trombado com um ventilador da Dyson em alguns shoppings de São Paulo), mas para quem realmente deseja ter um produto desse porte, sempre é possível recorrer a uma importadora. Ou ir até um dos países que comercializam o produto e fazer o investimento. Se bem que essa segunda opção é para poucos.