Muitos questionam a validade do smartwatch no mercado de tecnologia, e muitos apostam na sua saída desse mercado. Porém, diferente do que se esperava, as vendas no segmento crescem, com mais opções disponíveis para o consumidor.

As marcas ainda procuram maneiras de oferecer dispositivos que os usuários queiram usar, e os recentes lançamentos indicam que isso está cada vez mais perto de acontecer.

Apple e outros fabricantes contam com posição dominante e com maiores vendas, o que contraria a ideia do fim do segmento. Pelo contrário: o mercado está se expandindo: nos últimos 12 meses, o crescimento foi de 10,3%. Já os dispositivos mais básicos (que não rodam apps de terceiros) caiu 0,9%.

O grande foco do crescimento foi mesmo nos smartwatches, com um aumento de 60,9%, com o Apple Watch liderando esse crescimento, retendo 49,7% do mercado.

Porém, seus concorrentes também estão crescendo, com mais opções chegando. Os novos Samsung Gear são apenas um indício dessa iniciativa dos fabricantes.

A Google está trabalhando com outros fabricantes, designers e até grifes para fazer o Android Wear crescer.

E tudo isso mostra um futuro promissor para os smartwatches. É só todo mundo ter um pouco mais de paciência.

 

Via IDC