Elon Musk “ousado” (pra variar): ele defende a pirataria contra o streaming | @oEduardoMoreira Press "Enter" to skip to content
Início » Cinema e TV » Elon Musk “ousado” (pra variar): ele defende a pirataria contra o streaming

Elon Musk “ousado” (pra variar): ele defende a pirataria contra o streaming

Compartilhe

Mais uma do Elon Musk… vai vendo…

Elon publicou um tweet com o logo do The Pirate Bay em forma de meme para compartilhar mais uma de suas polêmicas opiniões com o mundo, afirmando que os serviços de streaming viraram um verdadeiro pesadelo e, por isso, a pirataria está ressurgindo como alternativa.

Olha… que fique entre nós, e vou falar baixinho para que ninguém nos ouça… “errado ele não está”.

E é preciso entender por que um dos caras mais ricos do planeta está defendendo a pirataria. Até porque o dinheiro não é problema para esse homem.

 

 

 

O que Elon Musk realmente quer dizer com isso?

Não temos maiores esclarecimentos por parte do Musk sobre o assunto, mas vou ousar falar por ele. Mesmo porque muito provavelmente pensamos da mesma forma.

Muita gente apostou no streaming como a solução definitiva para a pirataria. O problema é que apareceram vários serviços concorrentes, o que deixou a conta mais cara que a TV a cabo para muita gente.

Resultado: corre a galera que não tem tanta grana que o Elon Musk para a pirataria… ops, quero dizer… para métodos alternativos de consumo de conteúdo de entretenimento (aka Torrent).

Pagar cada vez mais caro para ver séries e filmes é tudo o que o usuário médio NÃO quer. Até mesmo a conveniência em ficar navegando pelas plataformas e conteúdos sem precisar realizar o download de arquivos com procedência duvidosa não justifica o investimento para muita gente.

O número de visitas globais aos sites piratas aumentou de forma significativa em 2021, e as ofertas ilegais de IPTV só aumentaram. E isso, porque estamos falando de dados oficiais: existe uma enorme subnotificação dentro desse assunto, e o número de pessoas que voltaram para o torrent nos últimos dois anos é bem maior que o informado nos relatórios.

Logo, pelo menos dessa vez, Elon Musk está certo e, pasmem, foi o sensato. E isso, vindo de um homem bilionário, é algo raro.

 

 

 

Problema de solução complexa

No mundo perfeito, o usuário deveria ter acesso a todos os conteúdos em uma única plataforma, selecionando o que realmente quer assistir e pagando um preço justo por isso.

Mas a existência do guaraná Dolly por si já faz com que o mundo não seja perfeito.

Nesse momento, apenas os sites piratas oferecem isso. Enquanto as plataformas de streaming continuarem polarizando a questão, os preços não vão parar de subir, e o Torrent vai continuar popular entre os menos abastados.

Até porque todo mundo tem o direito de conciliar as prioridades como, por exemplo, assistir um filme comendo pipoca ou pizza em casa.

E eu preciso guardar o dinheiro para a pizza.


Compartilhe
@oEduardoMoreira