Está sobrando chips no mercado, e isso pode ser uma ótima notícia para o consumidor | @oEduardoMoreira Press "Enter" to skip to content
Início » Informática » Está sobrando chips no mercado, e isso pode ser uma ótima notícia para o consumidor

Está sobrando chips no mercado, e isso pode ser uma ótima notícia para o consumidor

Compartilhe

Depois de anos de crise na produção de semicondutores, os usuários podem finalmente se dar bem pelo excesso de estoque dos processadores. E isso pode fazer os preços caírem.

Não existe um otimismo exagerado neste caso, mas dá para ser otimista com o cenário geral. Os avisos não faltam no setor por parte dos envolvidos dentro do mercado, e para quem conseguir seguram o ímpeto em comprar um novo notebook ou computador desktop, as notícias podem ser excelentes.

Afinal de contas, tudo o que se deseja é a redução de preços por conta do excesso de chips disponíveis no mercado.

 

 

 

Todos alertam para o excesso de estoque

A gigante taiwanesa TSMC, especializada na produção de processadores, aumentaram em 76% os seus lucros no último trimestre. Porém, a mesma empresa avisa que o seu inventário tem peças demais, e o cenário não deve se normalizar até a primeira metade de 2023.

Os fabricantes de semicondutores acumularam processadores da mesma forma que nós estocamos papel higiênico em casa durante a pandemia. A grande exceção está na Apple, que produziu uma quantidade de chips dentro de uma normalidade.

 

 

 

A demanda despencou

As pessoas pararam de comprar computadores e, em consequência disso, os estoques de semicondutores ficaram sobrecarregados.

A TSMC tenta resolver o problema redirecionando os seus chips para os fabricantes de veículos e centro de dados, para compensar as baixas vendas deste item. Já Intel, Micron ou Samsung projetam um segundo semestre de 2022 complicado para suas contas.

A Samsung já suspendeu o envio de componentes pelos seus provedores, até que as coisas se normalizem. O problema é estimar quando tudo vai voltar ao normal e segurar as perdas financeiras.

 

 

 

Com isso, GPUs, memórias e telefones ficarão mais baratos

O pesadelo das placas gráficas com preços superinflacionados está chegando ao fim. Os fabricantes contam com um estoque mais que suficiente, e sem as vendas projetadas, os preços vão cair.

Essa redução e valores no hardware poderá ser generalizada nos próximos meses, e afetar desde componentes para computadores até os smartphones completos e em versão final. Tudo isso é feito para ajudar a equilibrar os estoques e, ao mesmo tempo, fomentar a demanda dos dispositivos.

Por isso…

 

 

 

Fique atento para a Black Friday 2022

A situação de excesso de semicondutores deve se normalizar no começo de 2023. Ou seja, esse cenário pode fazer com que a Black Friday 2022 seja melhor do que o esperado por muitos de nós.

O excesso dos estoques de semicondutores se transforma rapidamente em produtos que ficam parados nas lojas. E a consequência disso pode ser uma queda de preços ainda mais expressiva durante o período promocional de vendas mais esperado pelo consumidor ao longo do ano.

Por isso, vamos ficar atentos ao que vai acontecer daqui para frente. Se a nossa economia aguentar (tanto a pessoal como a do país, já que vivemos um verdadeiro pesadelo desde 2018), a próxima Black Friday pode ser a janela perfeita para realizar as compras para renovar os nossos dispositivos.

Se isso acontecer, você certamente vai economizar uma grana violenta lá na frente. Espere e confie. Tenha paciência.


Compartilhe
@oEduardoMoreira