kazam-anuncio

O Kazam, na tentativa de chamar a atenção, teve como resultado enfrentar a Advertising Standards Authority do Reino Unido, que cuida dos conteúdos de anúncios de publicidade do país. A ASA vetou o último comercial do Tornado 348, por apresentar a mulher como um objeto, além de ser considerado ‘sexualmente sugestivo’.

O órgão considerou inapropriado os primeiros planos de diferentes partes do corpo da moça, assim como o tipo de música e voz em off utilizadas para a ocasião. O Kazam se defende indicando que a publicidade foi mostrada para um determinado público, mas isso não foi suficiente para a ASA proibir sua exibição no país.

O vídeo em questão, a seguir.

 

Via The Verge, The GuardianASA

 

Leia também:  Fala, Moreira! Videocast | 019 | Nokia e Atari entregando minha idade