Minha jarra da cafeteira fez a gentileza de trincar na semana passada.

Culpa minha, basicamente. Eu me esqueci que vidro quente não consegue lidar bem com água gelada, e os dois itens juntos resultam em algo bem desagradável: o choque térmico.

Eu amo café. E não podia ficar sem café por muito tempo.

E no lugar de simplesmente comprar uma nova jarra de vidro (que custa em torno de R$ 33), decidi investir um pouco mais, e comprei uma jarra de inox para a cafeteira (R$49).

E foi o melhor negócio que fiz na minha vida.

Um café mais quente, em um recipiente mais higiênico, e com uma qualidade que promete durar muito.

O primeiro café nessa nova jarra foi simplesmente excelente. Meu café vai ficar quente por mais tempo, e eu serei um homem feliz por mais tempo também.

Até as minhas dores de cabeça da semana começaram a passar.

Sim… eu estou me descobrindo um viciado em cafeína (e eu nem sabia disso… ou sabia, e queria tapar o sol com a peneira… ou com o coador de café, nesse caso).

Então, para quem está na dúvida, vale (e muito) a pena investir um pouco mais na jarra de inox para a cafeteira elétrica. A relação custo/benefício se paga lindamente.

E o seu paladar agradece, com um café de melhor qualidade.