Início » Esportes » F1 2015 | GP do Bahrein

F1 2015 | GP do Bahrein

Compartilhe

hamiltonlideradanistitenegetty

Uma prova mais interessante do que a sonolenta corrida na China, mas a repetição do monólogo do vencedor. O GP do Bahrein de 2015 foi mais uma prova onde Lewis Hamilton não teve qualquer tipo de dificuldade em vencer, mas apresentou mudanças interessantes na disposição dos demais carros e pilotos.

Nesse final de semana, Gerhard Berger disse algo muito interessante: que Nico Rosberg estava se colocando no mesmo lugar que o próprio Berger ficou quando foi companheiro de equipe de Ayrton Senna. O problema é que Rosberg claramente não se conforma com isso, e apresentou alguma mudança de atitude na prova de hoje. Bom, pelo menos atacou Raikkonen e Vettel quando foi necessário, e só não fez a dobradinha com Hamilton porque a Ferrari foi melhor nas estratégias de pits.

Mesmo assim, Rosberg ainda não me convence. Continuo achando Hamilton o melhor entre os dois. O início da temporada europeia é mais uma chance que o alemão tem para tentar virar esse jogo. Caso contrário, ele será um coadjuvante de luxo em uma hipotética briga pelo título envolvendo Hamilton e alguém da Ferrari.

Digo ‘alguém’, porque Raikkonen também mostrou sinais de recuperação. Chegou em segundo com uma prova muito bem pensada, e todo mundo sabe que o finlandês é um piloto que vai evoluindo ao longo do campeonato. Já fez isso antes. E como suas declarações são de que a Ferrari está com um ótimo ambiente (#chupa, Alonso), o ‘homem de gelo’ está se sentindo mais e mais a vontade para evoluir com a equipe.

Já Vettel teve uma prova difícil. Poderia ser melhor sim. Poderia ocupar o lugar do pódio que hoje foi de Raikkonen. Porém, ficou claro que, ao tentar forçar um ritmo semelhante ao dos carros da Mercedes, a Ferrari ainda não tem a mesma performance dos carros prateados. Some-se à isso ao erro de estratégia do time vermelho, e temos a quinta posição para o alemão.

No momento atual, o resultado não faz muita diferença, já que Hamilton segue voando. Mas em uma eventual recuperação da Ferrari, são pontos que podem fazer a diferença no final.

massafrenteahmedjadallahrt

A Williams teve um final de semana de contrastes. Enquanto Bottas fez uma prova excelente, ficando em quarto. Massa teve problemas de motor antes da largada, e precisou fazer uma corrida de recuperação. Ou seja, ficou no seu limite diante do cenário apresentado. Por outro lado, Bottas conseguiu segurar Vettel, mostrando que a Williams ainda tem lastro para se recuperar.

E a Renault, hein?

Três motores estourados ao longo do final de semana, com a cena pobre do Kvyat passando pela linha de chegada com uma nuvem de fumaça saindo do seu carro. Não que eu ache que a Red Bull estaria brigando hoje com Mercedes e Ferrari, mas certamente esse carro é melhor do que se apresenta hoje, e se não fosse por causa do motor da Renault, estaria apresentando melhores resultados.

hamiltonlideravettelclivemasongetty

No final das contas, uma prova mais interessante. Várias ultrapassagens, e resultados de pista que embaralham um pouco mais a posição dos pilotos que não se chamam Lewis Hamilton, que segue dominante. A grande esperança de todos é que, com o início da fase europeia do campeonato, e as eventuais atualizações que os carros receberão, que as forças se equilibrem.

Quem sabe a Ferrari se aproxima ainda mais, a Williams reduz a distância para as duas primeiras, a Red Bull recebe um motor decente da Renault… muitas coisas podem acontecer.

Inclusive a Mercedes ficar ainda melhor.

f12015gpbahrein


Compartilhe