Compartilhe

A EA Sports está sempre surpreendendo.

Tudo bem, a EA não é a desenvolvedora de games mais amada do mundo. Cometeu erros bizonhos na franquia FIFA no passado, e muitos a acusam de ser a causadora do caos na Terra por estabelecer mecânicas que obrigam os jogadores a desembolsar muito dinheiro para serem minimamente competitivos nos jogos.

E eu entendo tudo isso. Entendo a raiva dos gamers.

Mas não dá para negar que, de vez em quando, a EA Sports entrega coisas simplesmente geniais, no formato de pequenos agrados para os fãs de games e, nesse caso, fãs de música. A mais recente iniciativa da desenvolvedora nesse sentido é lançar uma camiseta comemorativa em homenagem ao ícone do reggae, Bob Marley.

A EA fez algo semelhante com Chapolin Colorado, e a internet veio abaixo. E algo semelhante pode acontecer dessa vez. Bob Marley completaria 75 anos se não tivesse falecido em 1981 pelas consequências de um melanoma. E para comemorar três quartos de século do artista, o jogo entrega essa homenagem de forma genial.

 

 

 

A camiseta do FIFA em homenagem a Bob Marley

 

 

Para quem não sabe, Bob Marley é o grande difusor do movimento rastafari. Um músico muito influente em todo o mundo e, de quebra, adorava o futebol (dizem que jogava muito bem).

A camiseta comemorativa pelos 75 anos de nascimento de Marley é amarela, a cor original da seleção jamaicana. Além disso, conta com o colarinho em verde, tal e como acontece com o uniforme oficial dos Reggae Boyz. Porém, destaca o rosto de Marley, que ocupa quase a metade da parte frontal do uniforme.

No peito também podemos identificar um escudo especial e o logo comemorativo dos 75 anos de aniversário da lenda. No post informativo, a EA Sports FIFA lembra que “futebol é liberdade”, e anuncia o novo kit comemorativo disponível no FIFA Ultimate Team por tempo limitado.

 

 

Bob Marley nasceu na Jamaica em 6 de fevereiro de 1945, e faleceu nos Estados Unidos em 11 de maio de 1981. Foi um músico extraordinário, autor de vários sucessos como “No Woman, No Cry”, “Jamming”, “Buffalo Soldier” e a emblemática “One Love”, esta última considerada uma obra prima.

 


Compartilhe