google

Quando uma Google comete “um pequeno erro”, o resultado pode ser algo enorme. E foi isso o que aconteceu nesse final de semana no Japão.

Um erro de configuração em um Border Gateway Protocol que troca informações de encaminhamento entre provedores de internet deixou metade do Japão sem internet.

A falha afetou as operadoras NTT e KDDI, que lideram o mercado de internet no Japão.

A Google assumiu o erro, pediu desculpas e solucionou a falha de configuração em 8 minutos. Porém, a interrupção do serviço durou horas, afetando várias empresas. O Ministério das Comunicações do país iniciou uma investigação sobre o assunto.

O erro de configuração pode ter ocorrido pelo anúncio de milhares de prefixos falsos para a Verizon, que se propagou para outras redes, e o alcance desse tipo de falha pode ter um alcance global.

Um exemplo disso foi o bloqueio de um BGP no Irã no começo de 2017, realizado pelo maior provedor do país, para cumprir uma ordem governamental para fechar sites para adultos.

A decisão derrubou toda a internet em Hong Kong e serviços conectados na Rússia, Índia e Indonésia.

Outro caso similar aconteceu no Paquistão, quando o fechamento por erro de um BGP bloqueou o YouTube em metade do planeta.

 

+info

Leia também:  Um algoritmo resolveu o Cubo de Rubik sem a intervenção humana