Compartilhe

Estão abertas as inscrições para o primeiro MovileHack Afro, hackathon com foco em pessoas negras, realizado pelo Grupo Movile, ecossistema de tecnologia líder na América Latina. A ação faz parte de diversas iniciativas focadas em trazer mais diversidade para as empresas do Grupo, além de promover a aproximação e capacitação para as comunidades de tecnologia. Os interessados podem se candidatar até o dia 17 de fevereiro pelo site do projeto.

O evento, com duração de 30 horas, terá como desafio estimular os participantes a propor soluções em grupo para o seguinte problema: “Como educar jovens em situação de vulnerabilidade usando tecnologia?”. Com 50 vagas, a maratona será realizada no escritório da Movile, em São Paulo, com início no sábado, 07 de março, e término no domingo, 08 de março. O MovileHack Afro marca a quarta edição de atividades realizadas pelo Grupo Movile nesse sentido. Nos anos anteriores, os hackatons despertaram o interesse de mais de 1 mil pessoas em Campinas, São Carlos e Recife. Neste ano, a expectativa é chegar a mais de 1500 pessoas inscritas.

As três melhores equipes serão premiadas com valores em dinheiro e, para o grupo que ficar em primeiro lugar, haverá também uma mentoria com Nina Silva, uma das 100 pessoas afrodescendentes com menos de 40 anos mais influentes do mundo e sócia fundadora do Movimento Black Money.

O evento será promovido em conjunto com o AfroMovile, grupo interno da Movile que suporta as iniciativas focadas em diversidade com foco em pessoas negras. Além disso, o evento contará também com o apoio de comunidades externas como o Movimento Black Money e o AfroTech BR. “Para nós, é muito importante promover eventos que envolvam de fato a comunidade negra e seus representantes, por isso estamos muito felizes em promover o MovileHack Afro com parceiros tão relevantes”, afirma Carolina Pinto, advogada na MovilePay e Líder do AfroMovile.

Além de fomentar a troca de conhecimentos na comunidade de tecnologia, o evento tem como objetivo também aproximar a Movile de talentos nessa área. “Nosso objetivo principal é promover a imersão em tecnologia e experiência com os produtos do Grupo, permitindo que os participantes vivenciem um pouco do que representa todo o ecossistema da Movile e consigam propor soluções para um grande desafio do nosso país, a educação. Para nós, investir na realização desse evento é muito gratificante, para dar oportunidade de reconhecimento e desenvolvimento de novos talentos”, afirma Matheus Fonseca, Coordenador de Gente do Grupo Movile.

Com mais de 4.000 funcionários e crescimento anual médio de 60% nos últimos 8 anos, a Movile, com foco na promoção da diversidade no Grupo, realizou no último semestre um grande programa de estágio e jovens talentos usando o método de contratação às cegas. “Acreditamos que também é nosso papel fomentar a presença de pessoas diversas no setor em que atuamos e o MovileHack Afro é um passo importante para nós nesse caminho”, completa Matheus.

Inscrições através do site movile.com/hack


Compartilhe