Há 15 anos Steve Jobs mudava o mundo para sempre ao apresentar o iPhone | @oEduardoMoreira Press "Enter" to skip to content
Início » Telefonia » Há 15 anos Steve Jobs mudava o mundo para sempre ao apresentar o iPhone

Há 15 anos Steve Jobs mudava o mundo para sempre ao apresentar o iPhone

Compartilhe

Eu não me lembro onde estava quando o primeiro iPhone foi apresentado ao mundo em 9 de janeiro de 2007, mas me lembro de todo o barulho que ele fez com o seu evento de apresentação. Era a Apple entrando no mundo da telefonia, e no meio de muitos duvidando que daria certo e a empolgação dos fanboys, fato é que este é um momento histórico.

Este é, talvez, o keynote de tecnologia mais lembrado da história, já que estamos falando de um produto que reinventou a nossa forma de nos relacionarmos com outras pessoas, a telefonia móvel e a tecnologia de consumo como um todo.

E esse evento completou 15 anos hoje.

 

 

 

Uma reinvenção que marcou um “antes” e um “depois”

Todo mundo sabe (ou deveria saber) que a Apple não inventou o celular ou o smartphone. O produto já existia em nossas vidas há pelo menos 10 anos (eu me lembro de ter o meu primeiro celular em 1998), mas nenhum dispositivo causou tanto impacto dentro do setor como o iPhone.

Esse smartphone mudou para sempre as nossas vidas. Foi a partir do iPhone que o grande público se interessou em ter um telefone inteligente para chamar de seu. E foi a partir dele que concluiu que o dispositivo poderia ir muito além de realizar e receber chamadas, ou enviar e receber mensagens de texto.

O iPhone desafiava o Palm por eliminar a caneta Stylus que eu amava utilizar. Me sentia moderno com este dispositivo, mas foi Steve Jobs que tornou a caneta obsoleta por algum tempo. Tudo bem, a Samsung resgatou o acessório. Mesmo assim, foi uma reinvenção desafiadora para o mercado.

A Apple também queria bater de frente com os telefones BlackBerry, oferecendo um smartphone que era todo tela, com apenas um botão físico de interação na parte inferior. Nada de teclado para digitar, pois o foco principal do dispositivo já era a navegação na internet e o consumo de conteúdo multimídia.

Ah, sim… e o uso dos aplicativos no telefone, tal e como as pessoas já faziam em um Mac. E isso, sem ter apps de terceiros ou uma internet pensada nos dispositivos móveis.

Não dá para não pensar no quão visionários Jobs e a Apple foram ao apostar em um produto que representaria uma enorme mudança de paradigma dentro de um segmento que estava em expansão, mas que poucos previam os caminhos que iria tomar.

 

 

 

Transformou o smartphone em algo único

Por causa do iPhone, o smartphone é hoje o dispositivo de tecnologia mais importante para a maioria das pessoas ao redor do planeta, ocupando o lugar do computador pessoal. O que era considerado algo impossível por muitos.

Hoje, os smartphones são pequenos computadores de bolso por causa do iPhone, que apresentou este conceito na prática com um formato atraente e acessível para a maioria dos usuários.

E o mais importante de tudo isso: a Apple saiu de uma fabricante de informática para se tornar uma gigante do setor de telefonia móvel, sendo decisiva para derrubar outra gigante que estava dormindo em berço esplêndido: a Nokia.

Por tudo isso (e muito mais), os 15 anos do iPhone precisam ser celebrados por todos que amam o mundo da tecnologia. Felizmente, tenho um iPhone para chamar de meu, e isso representa muito em minha vida como geek conectado.

E sei que esse smartphone representa muito para outros tantos.


Compartilhe