Início » Acessórios » Hub USB, um velho amigo

Hub USB, um velho amigo

Compartilhe

hub-usb-sony

Com a compra do novo notebook (Dell Vostro 5470… falo dele mais adiante no TargetHD), eu acabei perdendo uma porta USB no meu uso diário. O meu antigo notebook (Samsung ATIV Book 6) contava com quatro portas, enquanto que o novo modelo da Dell tem apenas três. O que fazer nesse caso? Chamar um velho amigo: o hub USB.

Esse hub eu ganhei em um dos eventos da Sony que participei a alguns anos. Guardo ele comigo desde então por conta da situação do ‘eu nunca sei quando vou precisar utilizar esse produto’. Enfim, nessas horas ele vem bem a calhar. Principalmente quando a sua impressora (HP Deskjet Ink Advantage 2546) não funciona direito com o modo de impressão WiFi (infelizmente).

De qualquer forma, o pequeno acessório vem bem a calhar. Vale a pena lembrar que um produto como esses não resolve todas as coisas da sua vida geek, mas é uma mão na roda. Aliás, todo bom hub USB é recomendado para enviar a energia necessária para energizar dispositivos, ou no meu caso, realizar a comunicação simples do desktop ou notebook com dispositivos que obtém sua energia através de fontes que não dependem do USB (aka tomadas).

No meu caso, o hub não só serve para conectar a impressora ao notebook, mas também para recarregar a bateria do meu bracelete de atividades, e até mesmo para fazer o meu mouse sem fio funcionar. Todos esses gadgets contam com a própria fonte de energia, e não precisam usar mais do que o mínimo de eletricidade para realizar as suas funções sem maiores problemas.

Eventualmente um pendrive ou outro pode funcionar com um hub como esse. Mas jamais um HD externo ou um SSD funcionará com o acessório, pelo simples fato de precisar de mais energia para se tornarem funcionais. Recarregar a bateria do smartphone também é uma tarefa inviável para o nosso pequeno amigo, pelos motivos já citados.

Enfim, ter um hub guardado na gaveta é algo sempre bem vindo. Ainda mais que a tendência é mesmo a chegada de ultrabooks e notebooks ultrafinos, e com uma menor quantidade de portas para comunicação.

Sem falar que você pode até tirar uma onda com os amigos por ter um hub completamente diferente de todo mundo, não é mesmo?


Compartilhe
Marcações: