Início » Variedades » Ilusão ótica diz se você é de direita ou de esquerda

Ilusão ótica diz se você é de direita ou de esquerda

Compartilhe

Existem diferentes pontos de vista nesse mundo. Em se tratando de política, então…

Mas se você está na dúvida sobre a sua visão política, um estudo psicológico com várias formas geométricas podem ajudar na resposta dessa questão tão complicada e polêmica: sou de direita ou de esquerda?

 

 

 

Depende: o que você vê nessa imagem?

 

 

É bem simples.

Qual é a forma que você vê na imagem acima? É um círculo?

Dependendo da sua visão política, as respostas podem ser diferentes:

 

 

 

Sim, é um círculo

 

Pode até ser um círculo irregular e mal feito, mas é um círculo, sem sombra de dúvida. Se você pensa assim, você é de ESQUERDA, ou seja, possui uma ideologia liberal, concorda com o estado ajudando a população menos favorecida, apoia o casamento entre pessoas do mesmo sexo e está mais propenso a apoiar uma legislação mais justa para temas polêmicos como uso de drogas e aborto.

 

 

 

Não, não é um círculo

 

É um formato muito irregular para ser um círculo, ou a imagem está mais para um quadrado do que para um círculo. Se você pensa assim, você é de DIREITA, ou seja, possui uma ideologia conservadora, se preocupa com os direitos dos empresários e comerciantes e está propenso a apoiar os militares no poder. Provavelmente é mais crítico com a imigração ilegal e quer uma punição mais severa para crimes como posse ou uso de drogas e prostituição.

 

O estudo também detectou uma maior flexibilidade na análise das imagens por parte dos liberais, enquanto que os conservadores apresentaram maiores diferenciações entre formas perfeitas e imperfeitas.

No final das contas, o estudo propõe que aqueles que são mais tolerantes com as imperfeições do círculo também tendem a ter uma maior tolerância ideológica e, principalmente, com as imperfeições dos outros, sendo também mais propensos a ajudar de forma mais ativa os grupos sociais marginalizados.

E, antes de encerrar… para aqueles que não concordam com os resultados do estudo, não adianta me xingar por isso. Publiquei o artigo porque o blog é meu, e eu escrevo sobre o que eu quiser. E não encare isso como uma provocação, mas sim como uma constatação dos fatos. Principalmente se você ficar irritado com o conteúdo apresentado pelo estudo.

Já que sua irritação só confirma que o estudo está completamente certo.

 

 

Via The Guardian


Compartilhe