A tecnologia existe para isso. Para tornar a vida de todos algo melhor. Para a evolução da espécie. E, em alguns casos, para consertar as coisas.

Vocês se lembram daquela polêmica inteligência artificial que poderia integrar o rosto de famosos em atrizes de vídeos pornô? Isso é algo bem legal em larga escala, mas pode gerar alguns problemas judiciais e certas controvérsias que não quero discutir nesse post.

Pois bem, alguém teve a brilhante ideia para uma causa um pouco mais “politicamente correta” (por assim dizer), aproveitando o mesmo princípio: inserir o rosto de Harrison Ford em idade mais jovem no lugar do rosto do ator Alden Ehrenreich em todas as cenas do polêmico e controverso filme Solo: Uma História Star Wars.

Sim, amigos: é a inteligência artificial entrando em ação para corrigir alguns erros do presente (nada contra o menino Alden, mas na minha modesta opinião, historicamente falando, Han Solo é um só).

O canal do YouTube que publicou esse belo vídeo é o derpfakes. O vídeo mostra como essa tecnologia de inteligência artificial simplesmente expulsou a pontapés o rosto do pobre Alden Ehrenreich para colocar no lugar um jovem Harrison Ford, e deixou ali para ver o que iria acontecer.

O resultado? É algo simplesmente assombroso e hipnótico. Nos faz querer que esse filme fosse feito integralmente com o uso dessa tecnologia. Quem sabe ele melhoraria um pouco. Se bem que rosto nenhum faz milagre com um roteiro mal feito.

Infelizmente, as mudanças só foram aplicadas em poucas cenas. De qualquer forma, é um experimento no mínimo curioso.

Moral da história: ainda existe uma esperança de recuperar um pouco do misticismo de Star Wars que foi perdido depois que foi parar nas mãos da Disney. É só deixar na mão dos fãs.

Vídeo a seguir.