bateria-400-anos

Um grupo de investigadores na Universidade de Irvine na Califórnia (EUA) conseguiu criar uma bateria que suporta até 200 mil ciclos de recarga.

Durante os testes realizados ao longo de três meses, a bateria não só manteve sua capacidade de recarga, mas também não mostrava sinais de se deteriorar após uma grande quantidade de ciclos de recarga e descarga, algo impressionante se pensarmos que os nanocabos começam a se degradar depois de 8 mil ciclos de carga.

Se isso não te surpreende, saiba que as baterias dos notebooks são concebidas para suportar uma centena de ciclos.

 

Como isso é possível?

O segredo dessa tecnologia está na aplicação de um revestimento de dióxido de magnésico sobre os nanocabos de ouro, e o uso de um gel eletrolito.

Em modo de brincadeira, uma das pesquisadoras decidiu aplicar uma capa de gel sobre os cabos, uma decisão aleatória que permitiu descobrir que, graças ao uso desse gel, a bateria pode resistir a centenas de milhares de ciclos de carga e descarga sem perder a sua capacidade.

Uma descoberta muito importante e com grande potencial, mas que ainda está em fase inicial de desenvolvimento. Vai levar muitos anos antes de um produto comercial baseado nessa tecnologia chegue ao mercado.

Via Neowin