iPhone 13 mini | Primeira Opinião Press "Enter" to skip to content
Início » Smartphones » iPhone 13 mini | Primeira Opinião

iPhone 13 mini | Primeira Opinião

Compartilhe

Se era para lançar um iPhone 13 mini, a Apple tinha que melhorar o produto. E conseguiu fazer isso.

O novo smartphone compacto da Apple (com exceção do iPhone SE) tem tudo para fazer a alegria de quem quer um telefone top de linha bruto na potência em dimensões compactas.

Segue deixando de lado alguns detalhes em relação aos modelos maiores, mas ainda assim é um telefone bem interessante para quem está disposto a pagar o preço para ter um iPhone pequeno e do ano.

 

 

 

Um design que tira vantagem do notch menor

 

 

Tem algo que me agrada na nova família iPhone 13: o notch na tela é menor. Tá, ainda não é o meu mundo perfeito (que pede uma tela sem uma monocelha atrapalhando tudo), nem mesmo se limita a ter um sensor de câmera que deixa só um furo na tela. Mas ao menos ele é menor, e isso é importante.

Mas no caso do iPhone 13 mini, um notch menor representa uma borda menor e, por tabela, uma maior área útil da tela. O dispositivo se torna mais funcional, melhorando a experiência de produto e entregando uma tela maior para o consumo de conteúdos e interação com a interface de usuário do iOS 15.

 

 

 

Uma bateria que agora pode brilhar

 

 

Com a presença do novo processador Apple A15 Bionic, a Apple promete melhorar de forma considerável a autonomia de bateria do iPhone 13 mini.

A Apple garante que o novo chip vai entregar um desempenho 50% maior “que o seu principal competidor” (sem revelar qual, deixando a promessa no campo do subjetivo… mas vamos supor que é o Snapdragon 888), com uma GPU 30% mais potente.

A tela XDR Super Retina é 28% mais brilhante, com 1200 nits de brilho máximo no modo HDR (800 nits sem ele), algo ótimo para o consumo de conteúdo multimídia.

 

 

Mas o mais impressionante é que, com tudo isso, o iPhone 13 mini pode entregar até 1.5 horas a mais de autonomia de bateria do que o modelo da geração anterior. Dessa forma, a Apple tenta eliminar uma das maiores fontes de reclamação dos proprietários do iPhone 12, que sofriam com o telefone morrendo antes do final do dia.

Se a autonomia do iPhone 13 mini for realmente melhor que a do iPhone 12 mini, este modelo pode ser um sucesso de vendas.

 

 

 

Câmeras mais cinematográficas que nunca

 

 

Os sensores fotográficos do iPhone 13 mini podem capturar até 47% a mais de luz do que o modelo lançado no ano passado, o que deve ser muito bem vindo na hora de registrar fotos em cenários com baixa luminosidade.

Além disso, os novos sensores contam com a tecnologia de estabilização de imagem Sensor Shift, aquele que move fisicamente o sensor principal para reduzir vibrações que estava presente no iPhone 12 Pro Max do ano passado.

 

 

E é através desse sensor que o Modo Cinemático se faz presente, estreando um novo sistema de gravação de vídeos, com mudança de foco automático de acordo com o enquadramento da cena.

 

 

 

iPhone 13 mini: vale a pena?

 

 

Não posso dar uma resposta definitiva antes de testar o dispositivo, mas tudo o que li e ouvi sobre ele levam a crer que sim. O iPhone 13 mini é a versão do smartphone da Apple que mais evoluiu ou melhorou em um ano, e pode ser um bom negócio para quem quer um telefone potente e pequeno.

Tá, o preço dele é bem salgado, eu sei. Mas se você sempre quis ter um top de linha com tela abaixo das 6 polegadas e sente falta do seu iPhone 7 ate hoje, o iPhone 13 mini pode ser a sua melhor escolha.


Compartilhe