Eis que vou começar uma nova tradição aqui no meu blog. De tempos em tempos, vou produzir posts autorais baseados em frases emblemáticas ou interessantes que li em mensagens nas redes sociais.

É uma espécie de experimento social com engenharia reversa. Enquanto as pessoas simplesmente comentam apenas os títulos das postagens dos meus blogs, eu vou comentar algumas das mensagens publicadas por essas pessoas nas redes sociais.

Coincidentemente, essa primeira mensagem cabe como um título de um post novo. Por mera casualidade, talvez.

Mas… a pergunta é válida.

Não praticamos muito o block nas redes sociais, nos blogs e em outras plataformas, e nos esquecemos que esse é nosso direito. A democracia não dá o direito das pessoas dizerem conteúdos ofensivos contra nós, apenas e tão somente porque elas discordam do nosso ponto de vista.

Aliás, você não tem o direito de ofender ninguém por não concordar com alguém. Isso é algo ignorante, ao meu ver.

Quero dizer… bom, eu confesso que já ofendi algumas pessoas por conta de opiniões divergentes. Todo mundo já fez isso nas redes sociais. Mas nos últimos anos, como produtor de conteúdo, eu tenho me policiado para não ser o elo de uma corrente contínua de ofensas e agressões.

E uma das formas que estou adotando para tentar resolver o problema é o block.

Não dar voz aos haters é algo fundamental nesse processo. O que as pessoas que nos odeiam mais querem de nós é a nossa atenção e a nossa irritação. Logo, não alimentar os desejos dessas pessoas é a melhor forma de combater esse tipo de ameaça.

É o “não alimente os trolls” que muitos escrevem na internet desde que ela existe.

Digo mais: não alimentar o comportamento ignorante das pessoas na internet.

Logo, eu nunca tive receio em bloquear as pessoas nas redes sociais. No Twitter e no Facebook, então, nem se fala. E nos meus blogs, com a ajuda do Disqus, eu aumentei o controle de qualidade dos comentários publicados, afastando os trolls e inconsequentes dos meus veículos.

Além disso, não quero ter meus blogs prejudicados por esse tipo de gente.

Para resumir, a teoria é bem simples: você deixa entrar na sua casa as pessoas que você não quer? Você deixa uma pessoa que ofende você frequentar a sua casa? Deixa uma pessoa que critica ou quebra as suas coisas ficar na sua casa e conviver com os seus?

Então… pensem nisso. E pratiquem mais o block. Faz um bem danado.

Encerro por aqui.

 

+info