Compartilhe

Rapaz… o mundo está mesmo virado no jiraya…

Lenovo e ASUS decidiram se chamar para a briga, e a porrada estancou forte. Os lançamentos dos novos smartphones gaming Lenovo Legion Phone Duel e ASUS ROG Phone 3 NO MESMO DIA (com diferenças de poucas horas) são verdadeiros choques de monstros que animou o meu dia de quarentenado velho e cansado.

Qual é o melhor dos dois? Não vou me atrever a responder essa pergunta.

Não vou fazer um post comparando os dois telefones. Fatalmente vou ter que fazer isso lá no TargetHD.net, e quero segurar a audiência para lá. Aqui, só vou enaltecer a iniciativa das duas, e até agradecer por apresentar novos produtos caríssimos em tempos de crise econômica global (são tão caros, que a Lenovo não se atreveu a revelar o preço do seu produto, o que indica que a cotação de um rim saudável acabou de subir no mercado negro).

Também quero falar nesse momento de movimentos dentro do mercado de smartphones gaming. Será que é uma mera casualidade essa coincidência? Será que era o momento de ambos serem anunciados (metade do ano, depois do que seria a E3, antes do que seria a IFA 2020…)?

Ou será que as duas ligaram o foda-se e pensaram: “perdido por um, perdido por milhares”?

 

 

 

Prefiro escrever sobre esses monstros

 

 

Ninguém aguenta mais escrever sobre a pandemia global, e para mim foi uma satisfação ver o anúncio dos dois produtos. É óbvio que eu não vou poder comprar nenhum dos dois modelos pelas vias normais (quem sabe através da prostituição, dando prazer sexual para as velhinhas de Florianópolis, ou quem sabe ingressando no perigoso mundo do tráfego de drogas pesadas, contrabandeando CDs da Banda Calypso para os playboys que moram em Jurerê Internacional), mas ao menos temos dois fabricantes que não tem medo de apresentar produtos em um momento onde muitas pessoas estão economizando o que podem para colocar comida na mesa.

De qualquer forma, é bom saber que o mercado de smartphones ainda está otimista o suficiente para lançar produtos top de linha. E isso, porque nem vou mencionar o Samsung Galaxy Z Flip 5G, que só mudou o processador para receber a conectividade com as redes da próxima geração (para atrair o mercado onde essas redes funcionam).

De novo: não me peça para responder nesse momento qual dos dois é o melhor ou o mais potente. Vou fazer isso com calma em um momento posterior. Por enquanto, só gostaria de não ser pobre para comprar um deles. Ou os dois, pois podemos sempre ter mais.

Mas… por que esses lançamentos logo agora, quando você está se perguntando se você vai sobreviver com a sua loja que vende capinhas para celular fechada por mais alguns meses (porque um monte de gente estúpida decidiu ficar nas ruas para não comprar nada)?

 

 

 

Smartphones gaming em plena pandemia?

 

 

A Lenovo foi obrigada a conviver com rumores e vazamentos do Lenovo Legion Phone Duel por meses. Logo, em algum momento, esse produto tinha que chegar ao mercado. E chegou… no mesmo dia de lançamento do ASUS ROG Phone 3.

Nem preciso lembrar que isso tudo também é uma disputa de mercado interno. São duas empresas asiáticas que estão batendo de frente no segmentado mercado de smartphones gaming, e isso também faz parte de um marketing que é globalizado. Ainda mais agora, onde os fabricantes precisam apresentar os seus produtos em lives.

Já a ASUS só tinha essa chance para apresentar o ROG Phone 3. Depois disso, terá que apresentar o Zenfone 7, o carro-chefe da marca. Se esperasse um pouco mais, corria o risco de um produto canibalizar o outro, mesmo que ambos não façam parte do mesmo segmento de produtos.

Por isso, a combinação de todos esses fatores não resultou no Capitão Planeta, mas ao menos entregou dois poderosos smartphones gaming para o mercado. Muito provavelmente ambos são os mais poderosos smartphones Android do mercado (no momento em que esse post foi produzido), e certamente estarão na lista dos smartphones mais potentes de 2020 em dezembro.

Agora, resta observar como os fãs de games nos smartphones vão reagir aos dois lançamentos.

A ASUS mais ou menos saiu na frente, revelando os preços de todas as suas versões do ASUS ROG Phone 3, e a estratégia aqui é bem interessante. Com variantes que custam entre 799 e 1.099 euros, a marca ao menos oferece várias alternativas para diferentes bolsos. Sim, são smartphones caros para a maioria dos mortais. Mas é melhor do que ficar no escuro completo que a Lenovo deixou todo mundo nesse aspecto.

E vou começar a pensar em escrever o comparativo entre os dois modelos.


Compartilhe