Compartilhe

Enquanto você estava acompanhando os acontecimentos envolvendo a chegada oficial do Coronavírus COVID-19 ao Brasil (e percebendo finalmente que o bicho pegou, e que não era alarmismo desnecessário da imprensa), quase ao mesmo tempo, a LG estava apresentando ao mundo (lá fora) o LG V60 ThinQ 5G, seu novo smartphone top de linha premium com tela dupla.

Não que o dispositivo dos sul-coreanos fosse menos importante que o COVID-19 desembarcando por aqui. Na verdade, é. Mas como quase ninguém comentou sobre esse lançamento até agora, eu vou dar os meus pitacos antes de muita gente, na esperança que o Google veja logo esse post e, com sorte, faça a indexação do mesmo mais rápido que os demais.

 

 

 

Acredite em mim: eu torço pela LG!

 

 

Pode não parecer (e a assessoria de imprensa pode não acreditar no que eu vou escrever), mas eu não tenho nada contra a LG. Pelo contrário: a marca foi parceira do TargetHD.net durante anos, e eu sei que tudo na vida chega ao fim um dia, assim como a nossa parceria.

Porém, não dá para tapar o sol com a peneira. A LG tem problemas sérios no seu segmento de smartphones, e nos últimos anos bateu cabeça com algumas decisões equivocadas. O LG G5 que o diga: por mais que o sistema modular desse modelo fosse bem intencionado, nem tinha como competir com a proposta da Motorola e os Moto Snaps.

E eu nem vou comentar aqui sobre os preços dos modelos top de linha no Brasil nos últimos anos. Eram totalmente fora da realidade do nosso mercado, e até da realidade dos dispositivos apresentados. Em alguns casos pontuais, os smartphones não entregavam as configurações mais completas do mercado, mas custavam mais caros que os seus concorrentes de preço com as especificações mais avançadas.

Porém, a LG é sul-coreana e não desiste nunca (será que o ditado é esse mesmo?), e continua tentando fazer dar certo as suas propostas no segmento de smartphones, mesmo ficando de fora do ranking das cinco maiores vendedoras do mundo. E eu torço para que dê certo, pois quanto maior a concorrência, melhor. Simples assim.

 

 

 

Um simpático smartphone top de linha

 

 

Sobre o LG V60 ThinQ 5G, vejo o produto com bons olhos. Como eu disse antes, a LG está se esforçando para acertar onde errou, oferecendo dessa vez as configurações mais completas possíveis: processador Snapdragon 865, 8 GB RAM, até 256 GB de armazenamento, leitor de digitais na tela, 5.000 mAh de bateria…. tudo muito certo.

Além disso, o modelo tem como diferencial a tela dupla (não confundir com tela dobrável), o que parece ser uma tendência entre os fabricantes de tecnologia para 2020. A Microsoft deu a largada nessa proposta (vai lançar o Surface Duo no final do ano), e a LG seguiu o mesmo caminho. Não será surpresa se outras marcas decidirem flertar com esse conceito nos próximos meses, já que todas tentam encontrar um formato que saia do lugar comum e que se consolide junto ao grande público.

 

 

Acho interessante a proposta de smartphone com tela dupla, especialmente pelo fato de algumas marcas não acreditarem (ainda) nos dispositivos dobráveis com telas flexíveis. Dessa forma, não deixam de entregar a multitarefa e a maior área de uso com o sistema operacional, ao mesmo tempo que correm menos riscos de provocar danos mais sérios e caros aos telefones, tal e como imaginamos que pode vir a acontecer com os modelos flexíveis a médio prazo.

 

 

 

No final das contas…

 

 

O LG V60 ThinQ 5G até que tem um saldo bem positivo, levando em consideração as especificações técnicas e a proposta em ser diferente dos outros pela tela dupla. O que impede a qualquer um em cravar se esse modelo vai incomodar aos seus concorrentes é o simples fato da LG não anunciar a data de chegada do modelo ao mercado e o seu preço sugerido, o que pode indicar que o COVID-19 deu uma atrasada na sua produção, e que o preço não virá tão competitivo assim.

Vamos aguardar. Não quero tirar conclusões precipitadas sobre o seu valor agregado.

Fora isso, é um baita smartphone. Sem sombra de qualquer dúvida.

 


Compartilhe