Compartilhe

A LMX apresentou oficialmente a LMX 64H, que é uma moto elétrica leve e para todo o tipo de terreno, mas escondida em um corpo de bicicleta.

É uma versão homologada de sua bicicleta LMX 64, mantendo a sua aparência de mountain bike mas integrando duas cadeias cinemáticas paralelas: uma de bicicleta tradicional, e a outra com um motor elétrico de 2.5 kW.

 

 

Uma bike com motor de 50cc

 

 

A LMX 64H tem no seu lado direito a típica transmissão de bicicleta, com manivelas, cadeia e caixa de câmbios. Já do lado esquerdo tem uma segunda cadeia cinemática de maior tamanho, baseado em um motor elétrico de 2.5 kW que entrega a energia de um pinhão traseiro de 100 dentes para a sua transmissão motorizada e elétrica.

O motor da LMX 64H é capaz de oferecer um par de 23 Nm com a cadeia que se usa principalmente em karts de corrida. Sua velocidade máxima é de 45 km/h, e pode ser utilizado como se fosse uma bicicleta, uma moto ou ambos, já que você pode habilitar o pedal assistido.

Seu peso é de apenas 28 kg, e sua bateria removível é de 52 V e 857Wh, mas os dados de autonomia não foram revelados, mas existe a promessa de recarga de 0 a 100% em pouco mais de quatro horas.

A LMX 64H é a primeira bicicleta elétrica com “homologação L1e-B de ciclomotor de 50cc da Europa”, de modo que você precisa ter habilitação, utilizar luzes, espelho e outros componentes necessários e exigidos pela legislação de cada país.

 

 

Seu motor entrega uma velocidade máxima de até 75 km/h, mas até o momento o seu fabricante não conseguiram a homologação para um uso legal com essa velocidade.

A LMX 64H tem preço sugerido de reserva de 4.990 euros. O valor final de venda será de 5.760 euros. As primeiras entregas estão programadas para o verão de 2020 (no hemisfério norte).

 

Via LMX


Compartilhe