Não conheço Logan Paul. Nunca conversei com ele. Mas ele é um escroto de marca maior.

O youtuber gravou um vídeo em um bosque no Japão que é conhecido como “vale dos suicidas”. O local é isolado e aberto, e é muito procurado por aqueles que pretendem dar fim à sua existência.

Em um passeio no local com seus amigos, Logan se deparou com um suposto corpo de um suicida. Tão logo isso aconteceu, e o rapaz decidiu gravar um vídeo do incidente… onde ele e seus amigos fizeram piadas sobre o fato da pessoa ter tirado a própria vida. Diante do corpo da pessoa.

Ainda não dá para constatar a veracidade do vídeo. Logan pode ter armado tudo para conseguir likes e visualizações através de uma pegadinha, algo que se tornou bem comum no YouTube e na era dos vídeos virais.

Por outro lado, seu pedido de desculpas publicado em sua conta oficial no Twitter é contundente. Ele mesmo afirma que, em mais de 460 vídeos publicados, é a primeira vez que ele comete um erro. Sim, isso pode acontecer, errar é humano, todo mundo merece uma segunda chance, blá blá blá…

Eu sei de tudo isso.

Mas isso não muda o fato de eu entender que Logan Paul é um babaca escroto, que só agora tem a consciência sobre a gravidade de fazer troça e piada sobre um assunto muito sério.

Estamos falando de suicídio. Um tema que não é fácil para nenhum dos lados envolvidos. Só quem passou por isso sabe o que é.

As pessoas não são deprimidas porque querem. Não tem os pensamentos de perda na vida porque desejam. Não buscam o sofrimento e o abandono. Podem até buscar a solidão, mas isso é o resultado de outras tantas mazelas que as cercam.

Sem falar na dor dos familiares, que sentem a perda repentina de alguém amado.

Logo, eu não consigo imaginar por que exatamente alguém quer fazer piada com isso. Ainda mais de uma forma tão asquerosa, diante de um corpo morto.

Isso é mórbido. Não é engraçado.

De novo: é claro que todo mundo pode mudar de opinião, rever conceitos e pensamentos, e se corrigir. Mas não deixa de ser muito escroto o que Logan Paul fez. Ele deve sim sofrer consequências pesadas sobre sua atitude, até mesmo para servir de “freio de mão” de uma geração de youtubers que acham que qualquer merda publicada na plataforma vale para se obter visibilidade, popularidade e dinheiro.

Não é assim que a banda deve tocar no YouTube. Mesmo porque nem o YouTube quer mais esse tipo de conteúdo empesteando a plataforma.

E… se você nesse momento está passando por uma situação emocional delicada, procure ajuda com pessoas próprias ou com serviços preventivos ou de ajuda na sua cidade.

Você não está sozinho.

 

 

>/center>