MacBook Pro a R$ 78 mil no Brasil? Hahahahaha… | @oEduardoMoreira Press "Enter" to skip to content
Início » Notebooks e Ultrabooks » MacBook Pro a R$ 78 mil no Brasil? Hahahahaha…

MacBook Pro a R$ 78 mil no Brasil? Hahahahaha…

Compartilhe

Jovem, vamos conversar um pouco.

Eu entendo perfeitamente que qualquer coisa da Apple vai custar MUITO MAIS CARO que essa mesma coisa de outros fabricantes. Não sou um ser alienado, pois tenho produtos da maçã mordida em casa.

Agora… ninguém vai me convencer que um MacBook Pro com chip M1 Max pode custar R$ 78 mil e que devo considerar esse preço como algo “aceitável” para um notebook profissional. Especialmente nos tempos atuais, onde a imensa maioria vende o almoço para comprar a janta.

Sério, a Apple continua bem fora da realidade.

 

 

 

Ninguém compra isso no Brasil

E, antes que eu continue… eu sei que é Pro, que é Max, e que ele faz a sua mulher ter orgasmos múltiplos diferentes daqueles que você sente quando compra um notebook caro como esse.

Não importa.

Ele poderia trazer a paz mundial e, ainda assim, R$ 78 mil é caro demais. Até porque a paz mundial deveria vir de graça. Basta a humanidade ser consciente e fazer a coisa certa.

É claro que a Apple está lançando esse novo MacBook Pro no mercado brasileiro por pura obrigação ou por posicionamento de mercado. Traduzindo: para dizer que lançou.

Todo mundo sabe que quem tem orçamento financeiro suficiente para comprar um notebook como esse não vai fazer este investimento no Brasil. Com certeza vai para os Estados Unidos, pagando todos os impostos de importação e pagando bem menos pelo produto.

E não me entenda mal. A Apple tem o direito de cobrar o que quiser pelos seus produtos, e o consumidor paga esse preço porque quer. Todo mundo é livre para fazer o que quiser.

Porém, é difícil entender quais são as reais motivações do pessoal que decide o preço dos produtos da Apple aqui no Brasil para estabelecer o seguinte:

“Beleza, R$ 78 mil é um valor aceitável para um notebook no Brasil!”

 

 

 

Parem de passar pano (de R$ 219) para a Apple!

Eu tenho certeza que vai ter gente reclamando comigo na frente do computador ou smartphone, me xingando porque eu estou cagando regra em cima da Apple.

Quero deixar claro que você está errado e, antes que você mencione argumentos recorrentes como a cotação do dólar maluca e o “fator Brasil” que amaldiçoa as nossas vidas há tempos, saiba que estou levando em consideração todos esses fatores na minha crítica.

Por isso, o melhor que você pode fazer neste momento é parar de passar o caro pano (ou flanela, como queiram) de R$ 219 para uma Apple que em nenhum momento pensa no consumidor brasileiro, ignorando a realidade até mesmo daqueles que poderiam pagar pelos seus produtos, mas entendem que estão caros demais.

Sim, porque eu hoje posso comprar um iPhone 13 Pro como tanto quero. Mas me recuso a pagar mais de R$ 10 mil nesse smartphone. Certamente vou procurar outros meios para realizar a compra.

Se é que vou comprar esse smartphone tão cedo. Afinal de contas, é desconfortável pagar R$ 10 mil em um telefone quando tem gente lutando para comprar osso em açougue.

Que dirá investir R$ 78 mil em um notebook.


Compartilhe