Compartilhe

Mario Kart pode salvar o seu namoro ou casamento em crise. Uma recém realizada enquete garante que o jogo tem um impacto muito positivo nos relacionamentos de casais de jovens gamers.

Jogar videogames é um excelente lazer, e pode ser uma boa experiência sempre que for possível compartilhar esse tempo gaming com outras pessoas. Jogar com amigos, familiares e conhecidos agrega valor à experiência e desperta alguns sorrisos entre os envolvidos.

Obviamente, jogar games com o seu parceiro ou parceira pode resultar em momentos divertidos. Tá, também pode render algumas brigas, pois pessoas muito competitivas não vão querer viver a frustração de perder uma partida para o amorzinho da sua vida. Mas a regra é que, no final, todo mundo sai mais ou menos feliz ou satisfeito.

Mas… o que dizer se os videogames fossem a chave para manter um relacionamento amoroso ainda mais próximo? De acordo com esse estudo, jogar videogames na companhia de alguém que você ama pode ajudar a cimentar as bases da relação.

 

 

 

Games são melhores que terapia de casal

 

A CenturyLink realizou uma enquete com 1.000 gamers para conhecer os seus hábitos, e um em cada três usuários entre 18 e 24 anos garante que jogar com a sua parceira ou parceiro ajuda a manter uma relação mais duradoura, o que é algo ótimo (e um argumento a mais para usar contra a sua mãe). E o jogo mais mencionado entre os entrevistados foi justamente Mario Kart.

Talvez tão curioso quanto a menção ao game de corrida do encanador bigodudo mais famoso do mundo está nos dois games mais mencionados para melhorar o relacionamento amoroso entre os gamers: Call of Duty e Skyrim. Algo surpreendente, pois não são jogos que necessariamente dão a ideia que podem deixar os casais mais românticos e próximos.

Por outro lado, nem mesmo os videogames podem ser considerados uma unanimidade de solução para crises de relacionamento. Entre os 1.000 jogadores que participaram da enquete, 42 revelaram que se separaram por culpa dos videogames. Sim, é um número residual de descontentes, mas é uma realidade que precisa ser observada.

O estudo conclui com a opinião do terapeuta Ryan M. Earl, que afirma que os videogames podem ajudar as pessoas a trabalharem juntas para alcançar uma meta comum. As atividades compartilhadas podem alentar e criar uma maior intimidade entre os indivíduos. O que faz sentido, pois as pessoas que se conhecem melhor se tornam efetivamente mais próximas.

Moral da história: mais uma vez, Mario está salvando alguém ou alguma coisa. É o herói exemplar. E se o seu relacionamento está em crise, não há nada que o Mario Kart não possa resolver. Manter o amor sobre rodas parece mesmo ser o segredo.

 

 

Via CenturyLink


Compartilhe