Ir ao conteúdo

Marvel humilhou a DC, sambando na cara da Liga apenas com o Pantera Negra

Compartilhe

Não sou fanboy, graças a Deus. mas é um fato consumado: a Marvel humilhou a DC de forma contundente nos cinemas. E a prova do que eu estou falando está no comparativo entre Pantera Negra e Liga da Justiça.

Eu não preciso comparar a qualidade dos filmes. Por mais que, particularmente, eu goste de Liga da Justiça (ou não vi essa tragédia que muitos viram), é inegável que Pantera Negra possui uma história com um resultado final melhor acabado. Os dois filmes não contam com histórias muito complexas, mas você termina o longa com a história do T’Challa inegavelmente mais empolgado, e com vontade de ver o próximo.

Porém, a humilhação chega quando olhamos para os números. E que números, meus amigos!

Pantera Negra está prestes a se tornar o filme mais bem sucedido da história da Marvel nos EUA… até agora (todo mundo sabe que Vingadores: Guerra Infinita deve superá-lo a partir de abril), conseguindo algo até então inimaginável: superar Os Vingadores (2012) na bilheteria doméstica.

Até agora, o filme do T’Challa arrecadou nos EUA US$ 605 milhões, contra US$ 623 milhões de Os Vingadores. Ou seja, a troca nas posições deve acontecer já no próximo final de semana. E um detalhe muito importante: é um filme que não conta com Robert Downey Jr. em nenhum segundo de sua projeção. Ou seja, a Marvel já começa a entregar megahits sem depender do Homem de Ferro para isso, diferente das últimas quatro grandes bilheterias da MCU (Os Vingadores, Vingadores: Era de Ultron, Homem de Ferro 3 e Capitão América: Guerra Civil).

Agora, a grande sambada da Marvel na cara da DC vem agora. Liga da Justiça acumulou na sua bilheteria GLOBAL (ao redor do planeta) US$ 657 milhões. Lembrando que estes são números finais, já que seu período de exibição nos mercados internacionais chegou ao fim nesse último final de semana.

Ou seja, não apenas Pantera Negra vai superar esse número apenas nos Estados Unidos, com esse é o maior fracasso comercial da Warner/DC do seu atual universo cinematográfico, superando Homem de Aço (2013).

A humilhação só aumenta quando olhamos para o porte dos personagens envolvidos.

Até pelo menos 2016, o grande público não fazia ideia de quem era o Pantera Negra. O pouco que se sabia sobre ele foi apresentado em Capitão América: Guerra Civil (2016), e de forma superficial, já que apenas vimos como ele se tornou rei de Wakanda. Não conhecíamos seu império, sua magnitude, o que Wakanda representava, toda a sua tecnologia… enfim, a grande massa crítica não sabia nada sobre esse personagem.

Já no caso da Warner/DC, temos um filme com os seus dois personagens mais populares (Superman e Batman), ao lado da Mulher-Maravilha, que entregou um filme excelente e com bilheteria expressiva, e apresentando três novos personagens que, se não são tão populares quanto o Homem de Aço e o Homem-Morcego, ao menos não comprometem.

E, mesmo assim, não conseguiu alcançar o sucesso comercial esperado. Pelo contrário: agora é, oficialmente, o maior fracasso de um projeto que está completamente perdido e sem foco.

De forma definitiva, a Warner/DC precisa rever conceitos e encontrar seu caminho. A pancada não é apenas muito forte, mas pode ser definitiva. Não estou aqui dizendo que a Marvel vai estabelecer um monopólio dos filmes de heróis. Mas não é novidade para ninguém a afirmação que a MCU estabeleceu as regras e padrões que todos devem seguir.

No final das contas, entendo que a culpa total é dos executivos da Warner/DC. No desespero de alcançarem a mesma notoriedade da concorrência, tomaram decisões equivocadas, se esquecendo que o mais importante era entregar filmes com identidade própria, e não uma cópia mal feita do que a Marvel fez.

Em resumo: DC foi humilhada de tal forma pela Marvel, que dá pena. Sinceramente.


Compartilhe
Publicado emResenhas e Reviews