A Universidade de Michigan criou um mini-computador que mede a temperatura, que ocupa apenas 0.04 mm cúbicos, ou a décima parte que ocupava o computador que ostentava o recorde de menor do mundo.

O novo mini-computador é tão pequeno, que faz um grão de arroz parecer gigante. Na verdade, o computador em si é um sensor que mede mudanças de temperatura em regiões muito pequenas, como um grupo de células no corpo.

O computador tem um processador completo baseado em núcleos ARM Cortex-M0+, mas com algumas limitações, como perder todos os dados quando deixa de receber energia. O dispositivo pode comprovar se os tumores contam com temperatura levemente superior ao tecido saudável, melhorando a efetividade dos tratamentos contra o câncer.

E o computador invisível está cada vez mais perto de acontecer.

 

+info