Compartilhe

Todo mundo sabe que a zoeira não tem limites. E quando você não pode derrotar o seu inimigo que faz piada com você ou com alguma coisa que você faz, a melhor forma de resolver o problema é apostar no bom humor e se unir à piada, para todo mundo rir junto.

Foi isso o que a Microsoft fez.

É uma perda de tempo lutar contra os memes da internet. Qualquer grande corporação, por maior que seja, vai perder. A Microsoft sabe disso, e transforma um limão em uma limonada quando decide abraçar a piada que diz que o Xbox Series X mais parece uma geladeira do que um videogame.

E como a Microsoft abraçou a piada? Lançando uma geladeira com o formato do Xbox Series X. Simples assim.

 

 

 

Um movimento genial da gigante de Redmond

 

 

Converta o meme a seu favor, e faça o seu novo “produto” virar um viral nas redes sociais com a ajuda dos influenciadores digitais. Alguns deles receberam em casa um pacote gigante enviado pela Microsoft e, dentro deles, estava uma geladeira em forma de Xbox Series X, completamente funcional.

Além de gelar as bebidas e os iogurtes que os influenciadores digitais compram todas as semanas, essa geladeira em formato de Xbox Series X tem algumas características que podem ser consideradas únicas para um produto dentro da sua categoria.

Por exemplo, a luz interna da geladeira é verde, um dos sinais mais claros de identidade visual do Xbox. Quando você abre a porta do eletrodoméstico, toca a música de boas vindas que aparece na inicialização do console, colocando você no clima e na experiência proposta para a Microsoft no seu videogame de última geração.

E… antes que você me pergunte… não… essa geladeira não roda videogames. Ela é, obviamente, uma jogada de marketing da Microsoft, e nada mais. A gigante de Redmond não está se transformando em uma empresa que vai fabricar eletrodomésticos, mas o resultado final desse meme que virou produto é realmente muito bom.

 

 

 

Sony não escapou do bullying com o design do PS5

 

 

A Sony também foi alvo de muitos memes com o design do PS5. O principal motivo para o bullying aqui foi o enorme tamanho do console, que é tão grande quanto uma torre de um PC tradicional.

É claro que as escolhas de Microsoft e Sony para o design final dos seus consoles estão baseadas nas necessidades de dissipação de calor, e não exatamente na estética dos produtos. Os dois consoles são entre duas e quatro vezes mais potentes que os seus equivalentes da geração anterior, de modo que contam com uma alta demanda energética. E isso resulta em produtos com formatos e tamanhos bem diferentes do que estamos acostumados a ver.

E é melhor ter um produto com formato estranho na sala de sua casa do que ver o console assumir um formato ainda mais estranho porque o mesmo está derretendo com o calor.

Será que todo esse marketing que Microsoft e Sony estão promovendo com os novos Xbox Series X e PS5 serão suficientes para converter esse hype inicial em vendas?

Vamos descobrir a resposta para essas e outras perguntas em poucos dias.

 


Compartilhe