Um dia, no futuro, os capacetes de realidade virtual e os óculos/tela deixarão de ser objetos do passado e motivos de falência dos fabricantes de tecnologia, para alcançar o sucesso que o Virtual Boy não alcançou. Quando isso vai acontecer? Não sei. Mas a Microsoft certamente vai estar lá.

A prova do que estou falando é que a gigante de Redmond solicitou a patente de um sistema de tela portátil para aplicativos de realidade virtual, com o curioso detale que eles não vão utilizar telas LCD ou OLED. O dispositivo, que pode ser fruto das inquietas mentes da Microsoft Research, utiliza dois micro projetores em laser para mostrara imagens em 3D, inclusive sobre superfícies transparentes, tornando possível ver qualquer objeto nas imediações, e adicionar funções de realidade aumentada.

Seria este um complemento para o Kinect? Só o tempo dirá.

Via USPTO.gov