Em recente entrevista para promover o seu novo álbum ‘Everything Was Beautiful And Nothing Hurt’, o músico Moby afirmou que previu o iPhone no passado. Mais: ele deu a ideia para o iPod.

Considerando o seu pioneirismo, Moby pode ter uma certa dose de razão. Se pararmos para pensar, a Apple tem muito a agradecer para ele.

Moby afirma que só contou essa história agora porque ele sempre pensou que, ao dizer isso, soaria como charlatanismo ou egocentrismo. Mas tempos depois da Apple ter lançado oficialmente o iTunes (em 2001), Moby falou com Jimmy Dickson, na época um executivo de Cupertino e hoje o atual diretor de marketing de música na empresa.

O músico sugeriu que a Apple criasse o seu reprodutor musical próprio, mais especificamente um player de MP3, que se conectasse ao iTunes.

Na época, ao que parece, a ideia não chamou muito a atenção do executivo. Mas na verdade, tempos depois, uma pessoa não identificada entrou em contato com Moby, se apresentou como um funcionário da Apple e deu para ele de presente o primeiro iPod, vindo das mãos de Steve Jobs.

Quando Moby viu o iPod pela primeira vez, ele previu: “Sabe que isso vai acabar recebendo uma câmera e se transformando em um telefone, não?”. Depois, o funcionário da Apple só rui, e respondeu: “a Apple não tem em mente um produto como esse”.

E você bem sabe o que aconteceu.

 

Via The Guardian