Compartilhe

Faz um bom tempo que eu não faço um post como esse no meu blog. Mas… sabe como é… todo mundo de quarentena (quase todo mundo, já que tem um bando de sem noção que não liga pra nada), eu mudei o estilo de pautas no TargetHD.net, e não queria arranjar encrenca com nenhum fabricante de tecnologia.

Mas… dona Motorola… seu Motorola Edge+ pode ser quase perfeito, mas… custando R$ 8 mil??? Não, miga! Assim fica difícil defender você?

 

 

 

Por melhor que seja, não vale R$ 8 mil

 

Não vou tentar explicar por que chegamos nesse preço. Até porque eu não vou também me esforçar em tentar entender por que o Motorola Edge+ custa R$ 8 mil. Sinceramente? Vou pular as explicações do “ah, mas tem o fator inovação da tela… ah, mas tem o custo Brasil… ah, mas tem o 5G (que nesse momento nem existe no Brasil)… ah, mas o dólar tá alto… ah, mas e a pandemia?”.

Eu sei que tem tudo isso na conta. Mesmo assim: não vale R$ 8 mil!

E não estou falando de valor agregado aqui. É um excelente smartphone, um top de linha de toda regra, tem o processador mais potente para Android do ano, um design excelente, câmeras promissoras.

Mas… é a Motorola achando que é a Apple ou a Samsung!

Se vai posicionar um smartphone flagship para competir com os grandões, que ao menos se apresente como uma alternativa viável! Não adianta colocar um produto excelente com preço de Apple e Samsung, pois quem tem grana no cartão de crédito black platinum e eventualmente cometer a loucura de comprar um smartphone top de linha premium no Brasil (pois o normal é comprar lá fora, em dólar), vai acabar comprando ou um Galaxy S20 Ultra (ou esperar o Galaxy Note 20) ou vai direto para um iPhone 11 Pro Max.

Até porque quem paga R$ 8 mil por Motorola vai pagar R$ 10 mil em um iPhone. O que são R$ 2 mil a menos na conta bancária de quem está arrotando dinheiro?

 

 

 

Miga Motorola… me ajuda a te ajudar!

 

Está difícil defender você, Motorola!

Talvez o tempo que você ficou sem lançar um smartphone premium tenha afetado na sua visão e julgamento do que pode ser considerado um preço razoável para um dispositivo que, repito, é excelente nos aspectos técnicos, mas totalmente fora da realidade no fator preço.

Tudo bem, eu não esperava algo barato. Na verdade, ninguém esperava. Mas considerando que estamos falando de uma Motorola, que nesse momento não está com o mesmo prestígio ou visibilidade que Apple e Samsung…

…é bem fácil concluir que o preço do Motorola Edge+ é algo simplesmente ridículo e risível!

Um preço gargalhável, para ser bem franco e direto.

Desculpa aí, miga Motorola… mas são as verdades inconvenientes que preciso dizer.

 


Compartilhe