Compartilhe

O mundo está cada vez mais parecido com um episódio perturbador de Black Mirror, especialmente quando falamos das redes sociais. Laleh Shahravesh, uma turista que chegou até Dubai, foi presa pelas autoridades dos Emirados Árabes Unidos. O motivo? Naquele país, existe uma lei muito restrita contra a difamação nas redes sociais.

Acontece que o ex-marido de Shahravesh publicou fotos do seu novo casamento no Facebook, e a ex-esposa não conseguiu evitar a reação raivosa, respondendo com estas palavras:

“Espero que você afunde no solo, idiota. Me deixasse por esse cavalo.”

O plot twist veio em março de 2019, quando o ex-marido sofreu um ataque fulminante do coração. A ex-esposa decidiu então viajar para Dubai para que sua filha pudesse se despedir do pai. A família e a nova viúva não receberam muito bem os ataques no Facebook, e isso resultou na prisão praticamente imediata de nossa protagonista.

Os visitantes de Dubai não sabem que podem ser presos por causa de uma publicação no Facebook ou no Twitter realizada fora da jurisdição dos Emirados Árabes Unidos. As leis de crimes cibernéticos daquele país se aplicam de forma extra-territorial e retroativa.

Já Laleh segue no país para enfrentar as suas acusações, enquanto que a sua filha teve que voltar ao Reino Unido com a sua outra família. A acusada pode ter que pagar uma multa de US$ 65 mil e encarar até dois anos de prisão.

Na verdade, o ideal mesmo é a pessoa seguir em frente. Eu sei que é chato ser trocado nessa vida, mas não precisamos ficar agarrados à vida da outra pessoa que decidiu reiniciar a sua vida com outra pessoa. Então, para de seguir o ex (ou a ex) nas redes sociais e cuide da sua própria vida, ok?

Caso contrário, você corre o sério risco de viver algo parecido com um episódio do Black Mirror.

 

Via BBC


Compartilhe