O Nubia Z18 poderia ser considerado mais um smartphone top de linha asiático que só desembarcaria por aqui via importação. Mas não precisamos ter uma avaliação tão rasa em relação ao produto. Podemos olhar além do que os nossos olhos conseguem enxergar.

O novo smartphone top de linha da marca da ZTE não é apenas mais um smartphone com processador Qualcomm Snapdragon 845 que desembarca no mercado. Ele vai um pouco além porque é mais um que oferece uma relação custo/benefício bem interessante. Tentadora, diria eu.

Na sua versão mais simples (6 GB de RAM com 128 GB de armazenamento), o Nubia Z18 custa 352 euros. Um preço realmente convidativo, levando em consideração que estamos diante de um dispositivo top de linha em toda a regra.

Até mesmo a sua versão com 8 GB de RAM + 128 GB de armazenamento por 414 euros está em um valor realmente competitivo.

É claro que temos que considerar o fato desse dispositivo ser pensado de forma prioritária para o mercado asiático, e que dificilmente ele desembarca por aqui de forma oficial (ainda bem que temos sempre os importadores para nos socorrer).

Por outro lado, o Nubia Z18 reforça uma tendência de mercado que considero bem interessante: a dos fabricantes asiáticos oferecendo smartphones top de linha com preços de dispositivos de linha média.

Faz muito tempo que discutimos a necessidade de pagar caro para ter um smartphone com especificações elevadas. Discutimos as posturas dos principais fabricantes do setor em colocar valores muito caros para simples smartphones. OK, em regra não são simples, mas estamos falando de telefones móveis que, em sua maioria, executa as mesmas tarefas.

Alguns fabricantes querem quebrar a banca, e mostrar para todos que, de forma definitiva, não precisamos pagar um rim por um smartphone.

A Xiaomi abriu as porteiras com o seu excelente Pocophone F1 (ou POCO F1) e seus preços muito agressivos. A Nubia segue a mesma aposta, e isso é mostra que pelo menos os fabricantes asiáticos tentarão outra abordagem para convencer os usuários.

O Nubia Z18 se torna automaticamente interessante por ser um top de linha que não é caro. Espero que tal tendência positiva se mantenha. Quem sabe uma competição pelo menor preço com o hardware robusto não resulte em valores mais justos para a maioria dos usuários.

O nosso bolso agradece.