O gabinete de PC que é mais caro que o próprio PC (com placa gráfica incluída) | @oEduardoMoreira Press "Enter" to skip to content
Início » Desktops » O gabinete de PC que é mais caro que o próprio PC (com placa gráfica incluída)

O gabinete de PC que é mais caro que o próprio PC (com placa gráfica incluída)

Compartilhe

Nem tudo se resume à placa-mãe, processador, RAM e placa gráfica na hora de montar um computador. Investir algum dinheiro em um bom gabinete é algo muito importante, tanto nos aspectos estéticos quanto na funcionalidade geral do equipamento.

Garantir que o gabinete vai abrigar todos os componentes de forma adequada, com o mínimo de refrigeração e (se possível) com alguma beleza é uma missão um tanto quanto complexa de ser alcançada. Mas quando conseguimos, é um sinal de que vencemos na vida.

Agora… se você realmente quer vencer na hora de investir em um gabinete para o seu futuro PC desktop e dinheiro não é um problema na sua vida… você precisa ter um produto de ponta, como esse da Regner.

 

 

 

Um gabinete que basicamente custa o mesmo que o PC dos seus sonhos

A Regner tem um gabinete que, na Europa, custa nada menos que 1.899 euros. Ou seja, ele é o preço do computador que você quer montar para chamar de seu, com processador e placa gráfica minimamente decentes para rodar a maioria dos principais jogos do mercado.

Diferente do que você já pode imaginar a essa altura do texto, esse não é um produto de luxo. E esse não é um gabinete que só existe para abrigar os componentes do seu computador. Ele inclui funcionalidades adicionais que podem ajudar a explicar o seu preço um pouco mais elevado que aquele cobrado pelos demais cases.

O gabinete da Regner também atua como fonte de refrigeração para diferentes componentes do computador, o que pode tornar o processo de resfriamento do hardware mais competente. O seu design conta com laterais que atuam como radiadores, que ajudam a esfriar o circuito de água de forma mais eficiente.

E os mais entendidos no assunto já conseguiram alcançar o resultado do investimento em um gabinete como esse: computadores com melhor refrigeração entregam um desempenho melhor e mais aprimorado para as tarefas mais complexas.

O produto da Regner está longe de ser pequeno ou leve (são 21 kg), mas em compensação você pode instalar no seu interior placas-mãe de diferentes tamanhos, além de outros componentes que podem explorar o máximo de desempenho possível.

A construção desse gabinete é feita em alumínio, o que pode ser um erro na opinião de alguns especialistas em refrigeração. Afinal de contas, esse tipo de material tende a não responder muito bem diante da corrosão. Por outro lado, o fabricante do produto garante que revestiu tudo com um elemento anticorrosivo, algo que só poderemos comprovar quando alguém chegar perto de um desses e submetê-lo ao teste prático.

 

 

 

Vale a pena ter um gabinete como esse?

Se você é um gamer com a robustez financeira do Neymar, quem sabe.

Ou se você é um grande entusiasta do mundo dos games e economizar todo o dinheiro que você tem na vida, quem sabe vale a pena investir uma grana para comprar um gabinete que, no final, tende a entregar um resultado final de desempenho que pode te surpreender.

Para a maioria dos leitores (e eu me incluo na regra desse parágrafo), o jeito é se conformar com o PC gamer que você montou seguindo as dicas de outros sites especializados (e ficar reclamando porque comprou o hardware errado).


Compartilhe
@oEduardoMoreira