Press "Enter" to skip to content
Início » Games » O primeiro comercial da Nintendo nos EUA

O primeiro comercial da Nintendo nos EUA

Compartilhe

Muitos não se dão conta disso, mas o Nintendo Entertainment System (NES) é a versão americana daquele videogame que a Nintendo chamava de Famicom no Japão, e foi lançado na terra dos comedores de hamburguer em 1985.

E um número ainda maior de pessoas não sabem que a Nintendo já estava presente no mercado norte-americano antes do NES. No começo dos anos 80, a Big N fechou uma parceria com a fabricante de brinquedos Mego para lançar no país a linha de videogames portáteis chamada Time-Out que, por sua vez, era o nome estado unidense do Game & Watch comercializado no Japão.

E o motivo para contar tudo isso é que, ao que tudo indica, encontraram o primeiro comercial da Nintendo para a TV norte-americana. E não está relacionado ao NES, mas sim ao Game & Watch.

 

A primeira publicidade da Nintendo nos EUA

Recentemente, a Video Game History Foundation conseguiu acessar o que parece ser o primeiro comercial de TV da Nintendo fora do Japão, que é justamente para promover os jogos do Time-Out no país.

Podemos estar diante de um dos capítulos mais raros da história dos videogames, em um episódio até então desconhecido para a grande maioria dos entusiastas.

A caixa com a fita do comercial, datada de 25 de junho de 1980, foi encontrada pelo colecionador Chris Kohler, e o material foi enviado para a Video Game History Foundation para restauração.

A fita obviamente apresentava danos, como perda de cores nas imagens, algo típico de uma fita que ficou parada por muito tempo e sofre dos desgastes naturais. Porém, o trabalho de restauração realizado pelo Movette Film Transfer permitiu que o mundo pudesse testemunhar como era a publicidade que a Nintendo (ou sua parceira) fazia para a TV norte-americana da época.

O comercial agora está disponível em sua versão restaurada no YouTube, provando para os mais céticos que o Time-Out realmente existiu.

 

Produtos raros e muito cobiçados

Dispositivos como os jogos Game & Watch originais (e não os relançamentos que a Nintendo fez nos últimos anos) e, principalmente, das (poucas) unidades do Time-Out, são itens muito valorizados entre os colecionadores.

Uma rápida pesquisa no eBay mostra que um exemplar do Super Mario Bros. Crystal Screen pode custar até US$ 600. É o preço de uma das novas versões do Xbox Series X que a Nintendo lançou recentemente nos EUA (e até agora eu me pergunto por que ela fez isso).

Já os modelos do Time-Out lançados pela Mego nos EUA são extremamente difíceis de serem encontrados, e naturalmente são muito cobiçados por aqueles que estão com bala na agulha para investir em uma unidade.

Como sou um cara financeiramente quebrado e que luta para manter esse blog no ar, nem me atrevo a iniciar uma coleção de consoles e jogos de videogames do passado, mas não posso deixar de admirar que o faz.

Só tenho enorme curiosidade em saber o quanto que essas coleções vão valer no futuro, ainda mais agora que os fabricantes flertam com o fim dos consoles tradicionais tal e como conhecemos.

Algo me diz que os consoles do passado vão se valorizar ainda mais. Mas isso é apenas um palpite ou intuição.


Compartilhe
@oEduardoMoreira