Estranhamente, um grupo de pessoas que certamente ignoram por completo a existência do Google no planeta Terra estão perguntando “o que é Cupertino?” de forma incessante no TargetHD.net. Como não sei se estou sendo vítima de um estranho meme, ou se é o mesmo grupo de desocupados que sempre tentam trollar tudo e todos, estou aqui fazendo a minha parte, e esclarecer de uma vez por todas essa questão que tanto aflige as mentes menos habilidosas no mundo conectado.

Para quem não sabe, Cupertino é uma cidade que fica no estado da Califórnia, Estados Unidos, no Condado de Santa Clara. É uma das cidades que fazem parte do “Vale do Silício”, (Silicon Valley), que é a região onde está concentrada o maior conjunto de empresas de tecnologia e inovações tecnológicas, voltadas para a produção de chips, equipamentos eletrônicos e informática.

A cidade tem menos de 60 mil habitantes, pouco mais de 28.3 quilômetros quadrados, e está próxima a cidades famosas do Silicon Valley, como Mountain View, Santa Clara, Saratoga e San Jose. Ou seja, é uma cidade minúscula, onde todo mundo conhece todo mundo, e todo mundo sabe o que acontece por lá.

Quando falo em “a gigante de Cupertino” nos posts sobre a Apple, eu estou me referindo JUSTAMENTE à Apple, por ser a maior empresa de tecnologia do mundo, e por ser a marca que praticamente colocou a cidade de Cupertino no mapa. A Apple nasceu em Cupertino, e sua sede operacional é, até hoje, em Cupertino. Logo, é uma das principais referências que os blogs de tecnologia usam para falar da Apple: “a gigante de Cupertino”.

Vale a pena registrar que a Apple não é a única grande fabricante de tecnologia que está na cidade. Empresas como Hewlett-Packard, IBM, Sun Microsystems, Symantec, Foursys e Borland também possuem bases operacionais na cidade. Por outro lado, todas elas produzem muito pouco no local, uma vez que os fabricantes asiáticos assumiram essa função de produzir os componentes dos seus produtos (a Symantec ainda desenvolve suas tecnologias de software em Cupertino).

Bom, agora você já sabe o que é Cupertino.

Vale lembrar que, da próxima vez, consulte o Google, certo? Preguiça em tempos de internet é algo prejudicial, ok?