O vídeo desse post deve ser visto com uma certa ressalva: o robô Promobot supostamente salvou uma criança de ser esmagada por uma estante que ela estava escalando, sem se dar conta do perigo.

O vídeo tem muitas chances de ser fake, no estilo dos vídeos de animas que salvam uns aos outros, ou de animais que salvam heroicamente as pessoas. Humanizar tais momentos faz com que a gente se sinta melhor, e é bem visto pela mídia.

Nesse caso em especial, o robô russo realizou o seu feito na Escola Politécnica de Perm, no dia da formatura. Ele estava no local em exposição, e sua câmera estava gravando de forma contínua.

Seus criadores afirmam que o robô não foi desenvolvido para salvar uma pessoa. Porém, ele conta com um modo espelho que imita os movimentos que rconhecem sua câmera. Logo, quando a menina entrou na sala, ele começou a tentar imitar tudo o que ela fazia.

Há fontes que afirmam que o robô escapouo do seu laboratório, e a maioria dos sites que publicaram a notícia são tablóides britânicos de baixa qualidade.

Em resumo. Até eu desconfio disso aqui.

Vídeo da polêmica a seguir. E tire suas próprias conclusões.