estádio-los-angeles

Depois de tantas propostas, debates e rumores, temos a proposta vencedora para o novo estádio da cidade de Los Angeles, proposto pela franquia dos Rams em 2014 para a área de Inglewood, derrotando a proposta dos Raiders em Carson.

A NFL decidiu que os Rams voltam para Los Angeles depois de 20 anos em St. Louis. Essa é uma franquia das mais tradicionais da liga, e a volta será em grande estilo, já que o complexo de entretenimento e o novo estádio são simplesmente espetaculares.

O estádio em o nome provisório de “City of Champions Stadium”, e está na área onde até 2013 ficava o velho Hipódromo de Hollywood Park. O estádio fará parte de um grande complexo de entretenimento e comercial de mais de 121 hectares, que concentrará hotéis, espaços residenciais, lojas, restaurantes, teatros, espaço infantil e juvenil, além dos novos quartéis generais da NFL e estúdios da NFL Networks.

O complexo contará com tecnologia de ponta: estações de carga para carros elétricos, estações de coleta de chuva, fábricas de reciclagem e tratamento de água e células solares para obter toda a energia necessária para iluminar o local. A ideia é que todo o complexo seja operado com 85% de energias renováveis.

O projeto é da empresa HKS Architects, que também foi encarregado pela construção do AT&T Stadium do Dallas Cowboys. O investimento total é de US$ 2.6 bilhões, e ele deve ficar pronto para a temporada 2019 da NFL. Sua construção começa nos próximos dias.

complexo-los-angeles

Sobre o estádio em si, ele contará com um teto em forma de vela, que se destacará de todo o restante do complexo, fabicado em ETFE (Etileno-TetraFuloroEtileno), um polímero termoplástico muito resistente ao calor, corrosão e raios UV. So cantos do estádio permanecem abertos para permitir o fluxo de ar natural.

Contará (obviamente) com WiFi de graça com velocidades de gigagits por segundo, utilizando dispositivos parecidos com os recém estreados em Nova Iorque. Sua capacidade para jogos de temporada regular da NFL será de 70 mil espectadores, mas em jogos de playoffs ele pode se ampliar até 80 mil lugares. Para concertos, grandes eventos e um eventual Super Bowl, sua capacidade máxima será de 100 mil espectadores. E isso é possível por conta do seu design modular.

O teto do estádio contará com luzes LED coloridas, que podem exibir imagens e informações para o exterior. Dentro do estádio, haverá uma grande tela OLED circular dual view, que deve ser desenvolvida pela LG.

Mais imagens a seguir.

complexo-los-angeles--06 complexo-los-angeles-05 complexo-los-angeles-04 complexo-los-angeles-03 complexo-los-angeles-02

Via Los Angeles Rams