Compartilhe

O Open Book é um projeto do desenvolvedor Joey Castillo, e é um leitor de livros eletrônicos 100% Open Source, tanto no hardware como no software. Seu desenvolvimento está bem avançado, onde o seu software precisa de um pouco mais de trabalho para ficar pronto.

Ele foi o vencedor do concurso Take Flight with Feather do HackADay, e agora pelo menos 100 placas-mãe serão fabricadas para que as pessoas possam comprar algumas unidades do produto.

 

 

Open Book: principais características

O Open Book vai utilizar placas construídas pela Adafruit, e não sabemso quando o produto vai chegar ao mercado e a que preço. Porém, já é possível ver uma versão totalmente funcional do leitor de livro eletrônico, rodando uma versão preliminar do seu software.

Nesse momento, o Open Book possui uma tela de 4.2 polegadas (400 x 300 pixels) de tinta eletrônica, um processador SAMD51 ARM Cortex-M4 de 32 bits, sete botões de navegação, luzes LED para informações sobre o status do dispositivo, conector para fones de ouvido de 3.5 mm e porta USB.

Nem preciso lembrar que este não é um produto voltado para as massas, e sim para os amantes do Open Source, da personalização e do hacking. Dá para imaginar os usuários avançados brincando um pouco mais com o dispositivo, apenas para explorar diferentes possibilidades e apresentar novas alternativas.

Por outro lado, ele representa mais um passo na possível massificação do hardware Open Source no futuro, onde a RISC-V ganhou maior poder de fogo nos últimos anos para impulsionar os processadores de tecnologia aberta, que de forma corajosa enfrentam o ARM e os muito conhecidos x86 fabricados por Intel e AMD.

Para conhecer mais informações sobre o projeto e até mesmo conferir se pode contribuir com o Open Book de alguma forma, basta visitar a página do HackADay dentro do seu repositório no GitHub. Ao menos pela curiosidade, ou pelo desejo de obter conhecimento de graça.


Compartilhe