O Oppo F7 não se destaca por contar com o notch do iPhone X ou um belo corpo de alumínio, mas sim por receber uma câmera frontal de nada menos que 25 MP.

E não é um sensor qualquer! É um generoso sensor da Sony, mostrando que a empresa asiática pensou exclusivamente na alta qualidade das selfies. E não falo isso pela quantidade de megapixels, mas pelo tipo de sensor em uso.

É claro que isso não é o suficiente. É preciso verificar se o software desse dispositivo é capaz de trabalhar bem com esse sensor, sem estragar a imagem no pós processamento (eu mesmo detesto os efeitos de embelezamento que alguns fabricantes colocam em seus softwares).

Mas supondo que a Oppo vai acertar nesse aspecto, temos aqui um smartphone dedicado para as selfies. Para as demais especificações, é um típico dispositivo de linha média, com um preço bem competitivo (abaixo dos 250 euros).

 

 

O modelo reforça a ideia que os usuários do mundo todo (ou pelo menos da Ásia) estabelecem como clara prioridade as selfies. O registro dos momentos pelas auto fotos ou vloggins onde mostram o rosto diante das câmeras.

E, com surpresa, esse modelo não conta com uma câmera frontal dupla, que deve ser tendência para os próximos anos.