Não podemos dizer que os asiáticos não estão tentando.

Depois do Vivo NEX apresentar a sua solução de smartphone com tela full frontal (com a câmera integrada ao corpo do dispositivo, em um mecanismo pop-up), o Oppo Find X chega com proposta semelhante, mas integrando as câmeras frontal e traseira nesse tipo de mecanismo.

O objetivo aqui é deixar o modelo com uma frontal toda tela, mas eles conseguem ir um pouco além, deixando o produto com um design mais minimalista e puro. Digo isso porque temos um dispositivo com tela full frontal (ou quase) e com uma traseira minimalista e sem elementos que consigam poluir o aspecto visual do smartphone.

Tudo isso, por causa do tal mecanismo que ejeta as câmeras frontal e traseira, integrado ao corpo do dispositivo. É uma proposta de design que, além de apresentar uma tela sem notch (para a alegria de muita gente), também protege os sensores fotográficos, que só são apresentados quando realmente precisamos da câmera.

 

 

É um smartphone top de linha que tenta algo diferente no design, algo muito bem vindo se levarmos em conta que todo mundo decidiu apostar no notch. De novo: não podemos dizer que os asiáticos não estão tentando apresentar algo diferente dos principais players do mercado.

Pode não ser a solução ideal que muita gente imagina. Por exemplo, o sonho de muita gente é que todos os elementos que originalmente seriam integrados ao notch (câmera, sensores, infravermelho, alto-falantes, etc) fiquem integrados abaixo da tela.

Mas enquanto isso não acontece, as alternativas aparecem. É sinal que o mercado está se direcionando para esse caminho, e que a solução ideal está chegando.