Compartilhe

Eu escrevi sobre a moda das câmeras de 64 MP que se materializa mais uma vez com o lançamento do OPPO K5, e antes que eu me esqueça sobre esse segundo tema que eu considero relevante, é melhor eu escrever logo sobre o que eu penso sobre essa nova onda de chamar de “smartphone gaming” todo dispositivo que conta com o processador Qualcomm Snapdragon 730G, que também está presente no novo smartphone da OPPO.

É preciso deixar claro que, em teoria, qualquer smartphone pode rodar jogos. O que diferencia um modelo gaming de um smartphone convencional é um hardware dedicado para isso. Não dá para esperar que um LG K10 (ah, saudades do meu pai que ama esse telefone limitadíssimo) rode Fortnite da mesma forma que o ASUS ROG Phone.

Aliás, eu sei que o LG K10 não roda o Fortnite. Só usei esse modelo como exemplo figurativo.

 

 

Apto para os jogos? Sim. Mas não espere a perfeição

 

 

O OPPO K5 conta com o Snapdragon 730G, variante de um processador da Qualcomm para dispositivos de linha média premium. Esse chip promete uma maior capacidade de processamento para os jogos, entregando um melhor desempenho nos smartphones de sua categoria, mas respeitando uma melhor relação custo-benefício.

De novo: é um chip otimizado para uma tarefa específica, mas pelo menos em teoria deixa de lado aspectos importantes que normalmente estão presentes em telefones dedicados aos games, como por exemplo o sistema de refrigeração interna dos seus componentes de hardware.

Quem usa regularmente um smartphone sabe muito bem que ele pode esquentar rapidamente diante de algumas tarefas específicas, e um bom sistema de refrigeração pode garantir um melhor desempenho do processador, da memória e GPU, e por mais tempo.

Por isso, o OPPO K5, assim como vários outros modelos com Snapdragon 730G, vai entregar um melhor desempenho para os jogos, mas não a altura dos modelos com hardware pensado no alto desempenho por muito tempo.

Se você estiver ciente disso, pode valer a pena investir o seu dinheiro nesse modelo. As chances de você se decepcionar depois são bem menores.


Compartilhe