Compartilhe

O Windows 95 completou 25 anos de vida hoje. E é inegável que o seu lançamento resultou em uma forte quebra de paradigma no mundo da informática como um todo, e dos sistemas operacionais em particular.

Quando Bill Gates apresentou o novo sistema operacional em 24 de agosto de 1995, ali aconteceu o início de uma grande revolução, que resultou em tudo o que temos hoje dentro da informática computacional. Você pode amar ou odiar a Microsoft hoje, mas uma coisa é inquestionável: a sua vida como usuário de tecnologia mudou para sempre depois desse dia.

Logo, hoje é dia de todo geek de verdade celebrar e comemorar os 25 anos de lançamento do Windows 95. E a Microsoft decidiu não apenas lembrar a data, mas tocar os nossos corações de alguma forma.

 

 

 

Vida longa ao Windows 95, que sempre estará na nossa memória

 

 

A Microsoft lançou hoje (24) um vídeo curto, com apenas 38 segundos, mas que sintetiza muito bem essa jornada de 25 anos. O clipe mostra o quão longe chegou o Windows desde o lançamento da sua versão 95, aquela que inaugurou a era 9x no sistema operacional da gigante de Redmond.

No vídeo, é possível ver o botão original do menu Iniciar em cinza, com a bandeira do Windows. O vídeo mostra a transição desses elementos, até que o logo mostra a janela da Microsoft tal e como reconhecemos hoje. A peça publicitária dá destaque para a evolução de características icônicas do sistema operacional da empresa, como a barra de tarefas, o jogo Paciência e o Paint.

Para comemorar o aniversário de 25 anos do Windows 95, também é possível ver um episódio em duas partes da edição especial do podcast Windows Insider. Jason Howard, apresentador do programa, entrevistou dois engenheiros que trabalharam no sistema operacional (e ainda trabalham na Microsoft), Raymond Chen e Chris Guzak.

Para concluir, o Windows 95 é parte muito importante da minha vida como profissional de tecnologia. Acredito que o primeiro grande trabalho como técnico de informática na vida foi atualizar o computador de casa do Windows 3.11 para o Windows 95, com alguns sustos, é claro (13 disquetes, meu amigo… 13 disquetes…).

Meu pai ficou uma fera com o resultado (pois ele estava mais do que acostumado com a versão anterior), mas no final das contas, valeu a pena. Aquela instalação do Windows 95 me incentivou a fazer tantas outras, que me levaram para esse caminho fantástico da tecnologia.

E resultaram no post que eu acabei de escrever.

 

 

 

 

Via Microsoft


Compartilhe